“Mentira”, diz o técnico Elano sobre sua possível saída do Figueirense

Técnico Elano Blumer, do Figueirense, falou após a vitória sobre o CRB por 2 a 0 e, entre outras coisas, desmentiu a possibilidade da sua saída do clube: "estão tratando com um cara transparente".

O técnico Elano Blumer falou após a vitória por 2 a 0 sobre o CRB, na tarde desta quarta-feira (21), no estádio Orlando Scarpelli. Com gols de Alecsandro e Paulo Ricardo o Furacão do Estreito encerrou um jejum de quatro jogos sem vencer e, sequer, marcar gols.

Figueirense 2 a 0 CRB, em Florianópolis, pela Série B 2020. – Foto: Patrick Floriani/FFC/divulgaçãoFigueirense 2 a 0 CRB, em Florianópolis, pela Série B 2020. – Foto: Patrick Floriani/FFC/divulgação

Até o tom de voz do técnico alvinegro era de alívio. Depois de uma série complicada de resultados, um surto de coronavírus e até o boato de que ele estaria “insatisfeito” com clube, o Furacão do Estreito voltou a vencer.

Para o técnico a vitória foi “fundamental” tanto para a questão anímica do time, como em termos de tabela de classificação.

“Os atletas que estão aqui estão completamente comprometidos, atletas que estão engajados na permanência do Figueirense na Série B”, pontuou o técnico.

Foi a primeira vez, desde a sua chegada, que o profissional admitiu que a luta do Furacão é, sim, para a permanência do time na Segundona.

Outro detalhe que chamou a atenção na entrevista coletiva do treinador, foi ter desmentido algumas notícias que teriam circulado, recentemente, de que ele estaria insatisfeito com o cenário no Furacão do Estreito.

“A notícia que saiu da minha saída é mentira, não sei de onde saiu isso, estou dia e noite para poder construir uma história aqui dentro. Estou aqui para poder ajudar. O Figueirense é gigante. Estão tratando com um cara transparente” assegurou o profissional.

Elano revelou, ainda, que sua família está em Florianópolis e que as “filhas estão matriculadas na escola”, em mais uma argumentação para assegurar seu compromisso na capital catarinense.

O comandante alvinegro ainda revelou que recebeu “propostas” de fora, mas que acredita no “projeto” do Figueirense.

“Não tem dinheiro”

Mais uma vez o técnico Elano falou sobre reforços, ao ser questionado. Ao contrário do que havia dito em outras oportunidades, Elano foi até reticente ao afirmar o clube “não tem dinheiro”.

“Não temos dinheiro, estamos formando um grupo de pessoas comprometidas. Os meninos que estão aqui estou chegando, estão vindo para lutar com a gente. Não adianta eu chegar aqui e mentir para o torcedor que vamos contratar esse e aquele jogador”, pontuou.

Alecsandro

Elano ainda revelou um bastidor envolvendo o centroavante Alecsandro, autor do primeiro gol da vitória – e o seu primeiro gol com a camisa alvinegra.

Elano contou que ligou para o centroavante que respondeu, quase de imediato, “se quiser eu estou indo para aí amanhã”.

O comandante alvinegro ainda ressaltou a experiência do atleta, a liderança e seu faro para gols. “Vai nos ajudar”.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Figueirense