No Z4, Figueirense desafia a Covid-19 e o Brasil, no Rio Grande do Sul

Furacão contabilizou 25 novos casos de coronavírus desde o dia 1º de outubro; Figueirense reencontra Hemerson Maria em duelo decisivo na Série B

O Figueirense entra em campo neste sábado (17), diante do Brasil-RS, em duelo válido pela 16ª rodada da Série B 2020. O encontro está agendado para às 18h30, no estádio Bento Freitas no município de Pelotas (RS).

Atletas do Figueirense fizeram um trabalho ainda em São Luis (MA) antes de dar início ao deslocamento de quase 6,5 mil km entre a cidade do nordeste e Pelotas, no Sul do RS. – Foto: Andrey Oliveira/FFC/divulgação

O duelo diante do Xavante poderia ser só mais um jogo de Segundona no calendário das duas equipes. O fator Hemerson Maria, comandante do time do Sul do RS, também sugeriria um ingrediente a mais no confronto.

A verdade é que nada disso “importa”. Em meio a um surto de coronavírus pelos corredores do estádio Orlando Scarpelli, o Figueirense desloca-se para o extremo Sul do Estado gaúcho com 18 atletas na delegação.

O número só foi encorpado já que o clube integrou três jogadores que estavam em período de transição física, após lesionarem-se: Lucas Carvalho, Victor Oliveira e Keké.

Os três, que terão o trabalho de recuperação física antecipado, se juntam aos demais que deslocaram-se de São Luís (MA) até Pelotas em quase 6,5 mil quilômetros de distância.

É importante lembrar ainda que o Figueirense, que tem problemas na comissão técnica, será comandado pelo auxiliar da preparação física, Rafael Rodrigues. O membro já ficara a frente do alvinegro no duelo diante do Sampaio Corrêa, na última quarta-feira, derrota por 3 a 0.

Desde o dia 1º de outubro, o Figueirense registrou 25 novos casos de coronavírus dentro dos seus corredores.

Confira os atletas disponíveis:

Goleiros: Sidão e Jonas;

Laterais: Mateus Brunetti, Lucas Carvalho e Sanchez

Zagueiros: Pereira e Victor Oliveira

Volantes: Elyeser, Geovane e Patrick

Meias: Guilherme e Lucas Henrique

Atacantes: Alecsandro, Bruno Michel, Everton Santos, Gabriel Lima, Keké e Nicholas

Velho conhecido no outro lado

Hemerson Maria, florianopolitano e alvinegro confesso, tem uma história bonita na capital. Ainda que o desfecho de sua trajetória a frente do Figueirense, em sua última passagem, tenha ficado aquém da relação de amor entre profissional e instituição, é um duelo especial.

Hemerson Maria, a frente do Figueirense, ainda no primeiro semestre de 2019 – Foto: Anderson Coelho/ND

Ao passo que o Figueirense digladia contra os problemas sanitários que afetaram o clube, o Xavante, sob o boné de Maria, vem em uma campanha instável, porém, sem maiores sustos.

O Brasil é 14º colocado com 18 pontos, quatro a frente do Z4. Maria chegou a engatar seis jogos de invencibilidade com o uniforme Xavante.

O último jogo, inclusive, o time bateu o Juventude dentro do estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Jogo está confirmado

O Figueirense, conforme informou em nota, tentou o adiamento do duelo diante do número de casos que acometeu o clube. O pedido, no entanto, foi negado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

A entidade debruça-se na determinação do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) que impõe que o elenco, se tiver 13 atletas aptos ao confronto, a partida está automaticamente confirmada. A data passa a ser revista somente se o número for inferior a esse.

FICHA TÉCNICA

Brasil: Rafael Martins; Felipe, Leandro Camilo, Héverton e Alex Ruan; Bruno Matias, Simião, Sousa e Matheus Oliveira; Jarro Pedroso e Luiz Henrique. Técnico: Hemerson Maria.

Figueirense: Sidão; Lucas Carvalho (Guilherme), Victor Oliveira, Brunetti e Sanchez; Patrick, Geovane e Elyeser; Bruno Michel, Alecsandro e Everton Santos (Gabriel Lima). Técnico: Rafael Rodrigues.

Local: estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS). Data: 17/10/20. Hora: 18h30.

Arbitragem: Adriano Barros Carneiro (CE); auxiliado por Naílton Júnior de Sousa Oliveira (CE) e Renan Aguiar da Costa (CE).

+

Figueirense