Fábio Machado

fabio.machado@ndmais.com.br Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


O que esperar do Figueirense neste sábado, diante do Brasil, em Pelotas?

Figueirense precisa melhorar o seu rendimento atuando longe do estádio Orlando Scarpelli para conseguir a sua classificação; o adversário é o Brasil, em Pelotas no estádio Bento Freitas

A vitória conquistada pelo Figueirense na última rodada do Brasileiro da Série C deu bastante tranquilidade para os atletas e comissão técnica do Alvinegro que enfrenta o Brasil, em Pelotas, hoje às 18h00 no estádio Bento Freitas.

O treinador Júnior Rocha, nos trabalhos da semana pregou seriedade e fez questão de enfatizar que, para alcançar o primeiro objetivo, a classificação entre os oito primeiros, é preciso de manter o nível de competitividade alto. Avalição correta, é necessário pontuar para não deixar o grupo dos líderes se distanciar.

No time do Figueirense, não existe mistério para a escalação da equipe principal que deve entrar em campo diante do Brasil de Pelotas neste sábado. Wilson; Muriel, Luis Fernando, Maurício e Zé Mário; Serginho, Oberdan e Rodrigo Bassani; Jhon Cley, Marlyson e Andrew. Se tiver alguma novidade, talvez seja a entrada do zagueiro Kadu, que foi anunciado como uma grande contratação e ainda não foi aproveitado no time principal no lugar do Luis Fernando.

Jogando fora de casa, o time da casa vai atacar e abrir espaços: jogo bom e interessante para o jovem atacante Paolo ser mais aproveitado.

Sem ter um bom rendimento nos jogos longe do Orlando Scarpelli nas últimas temporadas, o Figueirense encara um adversário que precisa desesperadamente de um bom resultado para se afastar da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série C. O Brasil de Pelotas, treinado pelo conhecido treinador Jerson Testoni, historicamente é um time de complicado de jogar no seu estádio, o Bento Freitas, com a presença de uma apaixonada torcida.

Por outro lado, o Alvinegro pode tirar alguma vantagem sobre essa pressão do time Xavante. A questão é entender o jogo e usar – com inteligência – a estratégia correta no momento certo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...