Fábio Machado

fabio.machado@ndmais.com.br Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


OPINIÃO: Um choque de realidade no Figueirense. É preciso dar uma basta!

Qual o futuro do Figueirense? – Divulgação/FigueirenseQual o futuro do Figueirense? – Divulgação/Figueirense

Uma vitória inquestionável no sábado de manhã na casa do adversário. Na tabela, o G4 se aproximando. Após a goleada, a certeza de que o elenco está focado em conquistar o acesso – o futebol é convincente.  Só que na manhã desta segunda(15) na reapresentação, um duro choque de realidade com a notícia de que os jogadores se recusaram a realizar os treinamentos devido ao atraso dos salários.

Sem promover caças às bruxas, até porque os bastidores do alvinegro é um emaranhado de bem intencionados, culpados e “falsos inocentes”, é preciso dar um basta. O elenco, por mais digno que seja – a recente conquista da Recopa e o jogo de sábado é prova disso – chegou ao seu limite. Os líderes que até aqui estavam segurando o “rojão” como Hemerson Maria e o volante Zé Antônio perderam os argumentos para acalmar e prometer solução.

Promessas não valem mais, a rapaziada quer o dinheiro na conta. E o torcedor preocupado se arrepia só de pensar que o drama dos anos anteriores está de volta.

********

Para piorar, no final desta segunda(15) o MP/SC denunciou o Figueirense ao STJD por atrasos salarias.  Por causa do Fair Play financeira o alvinegro corre o risco de perder pontos. O clube ainda não foi notificado oficialmente.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...