Zagueiro Henrique Trevisan consegue rescisão de contrato com o Figueirense na Justiça

Jogador é o terceiro a solicitar desligamento do clube por meio judicial por causa de salários atrasados

Um dia depois de anunciar mudanças na gestão e mais transparência, o Figueirense sofreu mais um golpe graças a “herança maldita” de suas gestões anteriores. O zagueiro Henrique Trevisan conseguiu, via Justiça do Trabalho, a rescisão unilateral do seu contrato com o clube.

Trevisan participou da primeira parte do treino desta quarta-feira no CFT do Cambirela - Luiz Henrique/Figueirense FC
Trevisan buscou seus direitos na Justiça e não jogará mais pelo Figueirense- Luiz Henrique/Figueirense FC

Em decisão da juíza Rosana Basilone Leite, da 5ª Vara do Trabalho de Florianópolis, atleta de 21 anos está livre de suas obrigações contratuais com o Alvinegro.
Trevisan é o terceiro atleta que se tem conhecimento a deixar o Furacão por via judicial. Daniel Costa e Vitor Cedrón encerraram seu vínculo com o clube da mesma forma. Todos estavam sem receber salários há mais de três meses durante a gestão de Cláudio Venalha. Procurado pela reportagem, a assessoria de imprensa do Figueirense disse que o clube ainda não foi notificado sobre a descisão.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Figueirense

Loading...