Guia do Catarinense: Juventus quer repetir boa campanha de 2020

- +
Moleque Travesso tem elenco mais “tímido”, mas quer repetir o feito da temporada passada, quando chegou às semifinais

Nome: Grêmio Esportivo Juventus

Fundação: 1° de maio de 1966 (53 anos)

Títulos: Campeonato Catarinense – Série C (2004), Campeonato Citadino de Jaraguá do Sul (3x)

Mascote: Moleque Travesso

Resumo: Depois da boa campanha no Campeonato Catarinense de 2020, o Juventus precisou ficar um tempo de “molho” e só retornou às competições na Copa SC, em janeiro. Eliminado pelo JEC nas semifinais, o Moleque Travesso se concentrou na preparação para o Estadual. Com quatro reforços para o Estadual, a equipe de Jaraguá do Sul chega com um elenco inferior ao da temporada passada, mas garante vontade de surpreender mais uma vez.

Técnico: Raul Cabral, 39 anos

Melhor participação: O Juventus ainda não conhece o sabor do título, mas desbancou grandes para chegar às semifinais em 2020.

Elenco

  • Goleiros: Vinícius, Hudson Jr., Iago e Elisson
  • Laterais: Genilson, Cesinha, Adson e Bruno Dip
  • Zagueiros: Victor Caetano e Matheus Piauí,
  • Volantes: Atsushi, Allan Christian, Christian, Welton Heleno, Tassio e Matheus Claudino
  • Meias: Robertinho, Diogo Dolem, Di María,
  • Atacantes: Fabinho, Jeffinho, Deivide, Luccas Brasil, Jô, Giovanni Reis, Alemão e Jeanzinho
  • Técnico: Raul Cabral

Destaque: Experiente, o atacante Fabinho é uma das principais peças e base do Moleque Travesso. Fundamental na boa campanha do ano passado, ele deve ser um dos pilares do time, que passou por uma reformulação intensa.

Fabinho é um dos mais experientes do Moleque Travesso nesta temporada – Foto: Divulgação/G.E JuventusFabinho é um dos mais experientes do Moleque Travesso nesta temporada – Foto: Divulgação/G.E Juventus

Juventus quer repetir boa campanha

Depois de surpreender e chegar às semifinais do Estadual no ano passado, o Juventus quer, novamente, deixar para trás os “grandes” do futebol catarinense e surpreender com uma campanha que anime o torcedor.

O Moleque Travesso teve tempo para se preparar. Sem calendário desde que terminou o Catarinense em 2020, a equipe monitorou os atletas que cabiam no orçamento do clube e teve uma pré-temporada mais longa do que os concorrentes. Na Copa Santa Catarina, caiu nas semifinais para o JEC e o campeonato serviu de termômetro para a equipe jaraguaense.

Contratações para a temporada: Adson, Tassio, Matheus Claudino e Alemão

Estádio

Estádio João Marcatto é a casa do Juventus – Foto: Juventus/DivulgaçãoEstádio João Marcatto é a casa do Juventus – Foto: Juventus/Divulgação
  • Nome: Estádio João Marcatto
  • Capacidade: 8 mil pessoas
  • Inauguração: 26 de novembro de 1966
  • Público recorde: 14 mil pessoas

Tabela de Jogos

Quarta-feira (24), às 20h30 – Avaí x Juventus

Sábado (27), às 16h – Juventus x Criciúma

Quinta-feira (4), às 16h – Juventus x Hercílio Luz

Domingo (7), às 19h – Chapecoense x Juventus