Escudo: Novorizontino
GNV Novorizontino
Escudo: Joinville
JEC Joinville
Jorge de Biasi - 28/11/2020 às 15h00

JEC não consegue fazer o dever sozinho e está eliminado da série D

Tricolor apenas empata com o Novorizontino e vê os adversários passando com a passagem carimbada para a próxima fase

O sonho do acesso acabou. Sem conseguir fazer o resultado positivo, o JEC está eliminado da Série D pelo segundo ano consecutivo. O time, que dependia apenas das suas próprias forças, não foi capaz de fazer o dever de casa sozinho, não marcou, ficou no 0 a 0 com o Novorizontino e viu Marcílio Dias e Caxias vencendo e passando com a passagem carimbada para a próxima fase nas mãos.

Empate e combinação de resultados elimina o JEC da Série D – Foto: Vitor Forcellini/JECEmpate e combinação de resultados elimina o JEC da Série D – Foto: Vitor Forcellini/JEC

Uma equipe apática, com pouquíssimas ações agressivas, passiva e sem a necessidade de urgência que precisava enquanto o cronômetro corria. Com um jogo de pouca intensidade e sem sequer levar perigo, de fato, ao gol de Giovanni, o JEC se afundou, novamente, em uma eliminação, dúvidas e mais um Campeonato Brasileiro decepcionante.

Enquanto o Joinville deixava a classificação escapar das próprias mãos e precisa, agora, repensar os objetivos para o próximo ano, Novorizontino, São Luiz, Caxias e Marcílio Dias continuam lutando pelo sonho da Série C.

O jogo

Dependendo apenas de suas próprias forças para classificar, o JEC começou a partida com a identidade que mostrou na Série D: tocando a bola tentando encontrar espaços e forçar o erro adversário. Já o Novorizontino, líder isolado, classificado e buscando a primeira colocação geral, apostava na transição rápida para chegar ao gol de Fabian Volpi.

Mais organizado nos primeiros minutos, o JEC até ditava o ritmo da partida, movimentando o jogo, mas não conseguia furar a defesa do Tigre com qualidade e não levava perigo ao gol de Giovanni. Em contrapartida, o Novorizontino acelerava muito a transição e em contra-ataques agressivos, conseguia jogar pelos lados do campo criando ótimas oportunidades.

JEC não conseguiu marcar e viu os adversários diretos conquistando a vaga na próxima fase – Foto: Vitor Forcellini/JECJEC não conseguiu marcar e viu os adversários diretos conquistando a vaga na próxima fase – Foto: Vitor Forcellini/JEC

A melhor chance veio aos 25 em uma falha do zagueiro Fernando. O jogador tricolor se perdeu na marcação, entregou a bola que foi lançada para Danielzinho. Ele girou e chutou, a bola ainda desviou em Jaques, matando Volpi, mas sai pela linha de fundo.

Depois de dominar a partida, o Tricolor viu o Novorizontino tomar as rédeas do jogo e, com velocidade na transição, o Tigre criou as melhores chances e levou muito perigo ao gol de Volpi.

O Joinville até tentou apertar a marcação e sufocar a saída de bola do Novorizontino, mas sem intensidade, não conseguiu reação para buscar o gol.

No segundo tempo, a atuação que já era questionável ficou ainda pior. As alterações até tinham como objetivo dar mais velocidade e agressividade ao time. Luquinhas, Chrystian e Mayk entraram para acelerar as ações ofensivas, mas a equipe parecia não ter forças para buscar alternativas à boa marcação do Tigre.

Enquanto o Joinville tinha dificuldades até mesmo para encontrar espaço e chegar com o campo limpo no ataque, o Novorizontino apostava em bolas aéreas e em contra-ataques rápidos.

O cronômetro correu e o JEC não conseguiu fazer o mínimo para continuar na briga. Sem conseguir chegar ao gol do Novorizontino, saiu de campo eliminado. Mais uma vez.

Ficha técnica

Novorizontino

Giovanni; Felipe Rodrigues, Adriano (Adrian Sander), Edson e Paulinho; Willean Lepo (Barba), Cléo Silva (Pereira), Léo Baiano e Danielzinho; Deivid (Caio Monteiro) e Guilherme Queiroz (Batista).

Técnico: Roberto Fonseca

JEC

Fabian Volpi; Renan Castro (Mayk), Fernando, Jaques e Renan Guedes; Caio Mello, Davi Lopes (Kadu) e Lucas de Sá (Chrystian); Edson Ratinho (Luquinhas), Diego (Kaynan) e Alison Mira.

Técnico: Fabinho Santos (William Fabbro)

Cartões amarelos: Davi Lopes (JEC), Adriano (NOV), Barba (NOV), Kaynan (JEC)

Novorizontino x JEC

Sábado (28), às 15h

Local: Estádio Jorge de Biasi

Árbitro: Rafael Odilio Ramos dos Santos (MT)

Assistentes: Leandra Aires Cossette (SP) e Amanda Pinto Matias (SP)

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo

Lances da partida

+

Joinville Esporte Clube