Drika Evarini

adrieli.evarini@ndmais.com.br Opinião, novidades, contratações e bastidores do esporte joinvilense e muito mais. Apaixonada por futebol, basquete, futsal e tudo que envolve o mundo do esporte, está sempre atenta a tudo que acontece dentro e fora dos campos e das quadras.


Após ser prejudicado pela arbitragem, JEC vai protocolar reclamação formal junto à CBF

No jogo de ida contra o Bangu, Tricolor teve pênalti não marcado e gol legal anulado

Pênalti não marcado, gol legal anulado e uma vitória que escapou graças à arbitragem, que prejudicou – e muito – o JEC no jogo de ida contra o Bangu, no Estádio Moça Bonita. O empate em 1 a 1 é perigoso para o Tricolor, que tem a vantagem de decidir em casa, mas precisa de uma vitória simples para avançar.

JEC vai proco – Foto: Caio Almeida/BanguJEC vai proco – Foto: Caio Almeida/Bangu

Os erros cometidos pelo trio de arbitragem não foram os primeiros que o time sofreu nesta Série D e, depois do jogo de sábado (11), a diretoria está formulando uma reclamação formal, com todos os lances nos quais o JEC foi prejudicado, desde a primeira fase, até o jogo contra o Bangu.

A informação foi confirmada na tarde desta segunda-feira (13), pelo diretor de futebol, Leo Roesler. No entanto, o documento deve ser encaminhado à FCF (Federação Catarinense de Futebol) na terça-feira (14), após análise e assinatura do presidente Charles Fischer.

Todas as reclamações e reivindicações referentes à arbitragem precisam ser feitas via FCF, que encaminha o protesto à CBF.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...