Drika Evarini

adrieli.evarini@ndmais.com.br Opinião, novidades, contratações e bastidores do esporte joinvilense e muito mais. Apaixonada por futebol, basquete, futsal e tudo que envolve o mundo do esporte, está sempre atenta a tudo que acontece dentro e fora dos campos e das quadras.


Com emoção e de virada: JEC vence o Barra e se mantém na elite do futebol catarinense

Com dois gols de Victor Rangel, Tricolor vence o Barra e permanece na Série A

Foi com muita emoção. Depois de sair perdendo para o Barra na tarde deste sábado (5), no Gigantão das Avenidas, o JEC conseguiu a virada e com um 2 a 1 no placar garantiu a permanência na Série A do Campeonato Catarinense. Com dois gols de Victor Rangel em um jogo muito nervoso, o Tricolor conseguiu o que precisava para se manter na elite do futebol catarinense.

JEC e Barra se enfrentaram na tarde deste sábado (5), em Itajaí – Foto: Vitor Forcellini/JEC/Divulgação/NDJEC e Barra se enfrentaram na tarde deste sábado (5), em Itajaí – Foto: Vitor Forcellini/JEC/Divulgação/ND

Sem mudanças no setor ofensivo, o JEC entrou em campo com a pressão de vencer a partida, mas não conseguia ser efetivo no meio e no ataque. Em jogo truncado no meio campo, as duas equipes não conseguiam chegar com qualidade ao ataque.

Aos 12 minutos, chance nos pés de Caio Mello, que arriscou de fora da área, mas o goleiro se esticou e colocou a bola pela linha de fundo.

Errando passes no meio campo e sem conseguir se organizar para quebrar as linhas e aproveitar os espaços cedidos pelo Barra. Já o time mandante, aproveitava as oportunidades de contra-ataque para explorar as laterais e chegar até a área de João Lucas.

Mais uma vez, Victor Rangel teve uma chance clara de gol e não conseguiu balançar a rede. Sem efetividade dos dois lados, o primeiro tempo terminou zerado no Gigantão das Avenidas.

Um balde de água fria e a redenção

Sem mudanças para a segunda etapa, o JEC começou com boa chance em cobrança de falta de Caio Mello. A bola sobrou na área, mas Vini Matos não alcançou para desviar para o gol.

Aos 2 minutos, após lançamento na área, Jô desviou e Pedro Vitor empurra para a rede, mas o árbitro marca toque de mão do atacante tricolor no lance.

Precisando da vitória, o JEC tentava acelerar os contra-ataques, principalmente com Chrystian acelerando a transição. Sem conseguir chegar ao ataque, Dal Pozzo sacou Caio Mello e Jô para as entradas de Vargas e Uelber.

Aos 21 minutos, um balde de água fria na torcida tricolor. Após recuo de Xavier para Pedro Vitor, o zagueiro se complicou sozinho, Cleyton apertou, conseguiu roubar a bola, avançou sozinho e tocou na saída de João Lucas para abrir o placar.

Em contra-ataque após recuperar a bola no campo de defesa, o Barra chegava com perigo com um sistema defensivo completamente desmontado do Tricolor.

Aos 33 minutos, pênalti marcado para o JEC após toque na mão dentro da área. Na cobrança, Victor Rangel empatou a partida.

Aos 35 minutos, a virada. Após cruzamento na área, Victor Rangel desviou para explodir a torcida tricolor na arquibancada.

Reforçando o sistema defensivo, Dal Pozzo colocou mais um zagueiro para segurar o resultado. Com o apito final, o alívio do torcedor tricolor e a permanência na Série A.

Ficha técnica

Barra

Jefferson Romário, Israel, Cleyton, Matheus Santana e PH; Victor Oliveira, Tales (Vitinho) e Dudu Beberibe (João Carlos); Felipe Baiano, Duduh Silva (Artur) e Renatinho

Técnico: Matheus Costa

JEC

João Lucas, Alison, Pedro Vitor, Vini Matos e Renan Castro; Thiago Costa, Xavier e Caio Mello (Vargas); Chrystian (Elivelton), Victor Rangel (Lucas Goes) e Jô (Uelber)

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Gols: Cleyton (BAR), Victor Rangel (JEC), Victor Rangel (JEC)

Cartões amarelos: Victor Oliveira (BAR), Pedro Vitor (JEC)

Barra x JEC

Sábado (5), às 16h30

Local: Estádio Dr. Hercílio Luz – Gigantão das Avenidas

Árbitro: Rafael Traci

Assistentes: Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...