Com gol do artilheiro, JEC vence o Metropolitano pelo Campeonato Catarinense

A dobradinha Diego e Alison Mira funcionou e com gols nos acréscimos do primeiro tempo, Tricolor garantiu a vitória no Augusto Bauer

A vitória veio. Jogando no Estádio Augusto Bauer, em Brusque, o JEC venceu o Metropolitano por 1 a 0 na tarde deste sábado (13), superou o surto da Covid-19, voltou a escalar seus titulares e com jogada bem construída do camisa 10, Diego, e gol do artilheiro Alison Mira, o Tricolor retoma o caminho da vitória, continua sem perder no Campeonato Catarinense e assume a liderança da competição.

JEC enfrentou o Metropolitano na tarde deste sábado (13) e contou com as estrelas do camisa 10 e do artilheiro Alison Mira – Foto: Vitor Forcellini/JECJEC enfrentou o Metropolitano na tarde deste sábado (13) e contou com as estrelas do camisa 10 e do artilheiro Alison Mira – Foto: Vitor Forcellini/JEC

A bola rolou e nem parecia que o JEC estava entrando em campo novamente apenas 48 horas depois de jogar contra o Marcílio Dias. Assim que o apito soou, o Tricolor avançou para cima do Metropolitano pressionando muito a saída de bola e tentando forçar o erro dos “donos da casa”. No entanto, encontrou um Metro também muito atento e agressivo na marcação.

De um lado, o Tricolor com as mesmas características de sempre, com um jogo mais envolvente, apostando na troca de passes e em um jogo mais cadenciado para encontrar espaços de qualidade entre as linhas de marcação. De outro, um Metropolitano mais veloz, com jogadas mais agudas e acelerando a transição para tentar encontrar um sistema defensivo desarrumado.

Depois de começar melhor, o JEC viu o Metropolitano equilibrar as ações, provocar muitos erros e investir em boas chances nos contra-ataques, obrigando Fabian Volpi a trabalhar. Mas, o torcedor tricolor sabe que pode confiar em seu goleiro que, mais uma vez, fez ótima partida freando o ímpeto do time blumenauense.

O Tricolor concentrou as jogadas pelo lado esquerdo do campo com Wallisson e Vinícius, mas foi dos pés de Diego, que saiu da direita e caiu pela esquerda que saiu a assistência para o gol já nos acréscimos. O camisa 10 avançou até quase a linha de fundo, viu Alison Mira entrando livre e cruzou rasteiro nos pés do artilheiro tricolor que não desperdiçou. De chapa, firme, Alison bateu, balançou a rede e saiu para comemorar.

Alison Mira recebeu de Diego e, de chapa, garantiu a vitória tricolor – Foto: Vitor Forcellini/JECAlison Mira recebeu de Diego e, de chapa, garantiu a vitória tricolor – Foto: Vitor Forcellini/JEC

O gol acendeu ainda mais o Metropolitano que assustou a torcida tricolor no minuto seguinte, mas o capitão Edson Ratinho estava bem posicionado e salvou na linha o que seria o gol de empate.

O técnico Dyego Coelho mudou completamente a equipe no intervalo. Com três alterações, o comandante do Metropolitano colocou o time todo no ataque, jogando com quatro atacantes, dois pelas laterais e dois pelo meio.

As mudanças surtiram efeito e a equipe passou a pressionar ainda mais o Tricolor na saída de bola, encurralando o Joinville contra o próprio gol. Vencendo e enxergando a pressão adversária, o JEC partiu para o ataque, tornando o jogo muito movimentado e desenvolvido nos dois campos ofensivos.

Empurrando os jogadores para o ataque, o Metropolitano fuzilou a área joinvilense, enquanto a sólida defesa tricolor tirava o perigo. Sem conseguir furar a defesa tricolor, Dyego Coelho mudou novamente e colocou o time com cinco no ataque, tentando a todo custo o gol de empate, mas esbarrou em uma defesa forte, sólida e organizada.

O JEC ainda desperdiçou uma chance inacreditável. Em contra-ataque, Edinho avançou com a bola, mas tropeçou nas próprias pernas quando estava cara a cara com o goleiro e com Diego como opção na esquerda.

Se defendendo durante todo o segundo tempo, o Tricolor conseguiu segurar a vitória com gol importante no fim do primeiro tempo, sustentando o placar e trazendo os três pontos na bagagem antes de voltar as atenções para a Copa do Brasil.

Ficha técnica

Metropolitano

Martin Becker; Kevin (Ruan), Michel (Yuri), Arthur e Jean Carlo; Roberto, Vini Demmer (Vitor Hugo) e Gabriel (Daniel Bahia); Eberê (Abner), Jonatha e França

Técnico: Dyego Coelho

JEC

Fabian Volpi; Edson Ratinho, Fernando, Charles e Vinícius (Helerson); Banguelê, Lucas Góes (Diogo Santos) e Diego; Wallisson (Thiago Santos), Gustavo Ermel (Edinho) e Alison Mira

Técnico: Felipe Sampaio*

Gols: Alison Mira (JEC)

Cartões amarelos: Jean Carlo (MET), Fernando (JEC), Edson Ratinho (JEC)

Metropolitano x JEC

Sábado (13), às 16h

Local: Estádio Augusto Bauer

Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira

Assistentes: Helton Nunes e Adenilson Teofilo Cardoso

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Joinville Esporte Clube