Figueirense conta com fator Orlando Scarpelli para vencer o JEC e ir à final do Catarinense

Em oito partidas pelo Estadual, foram seis vitórias e dois empates, com média de 3,78 gols por partida

Marco Santiago/ND

Carlos Alberto Silva, torcedor alvinegro, acompanha o treino da sexta-feira no Scarpelli

Além da vantagem de jogar pelo empate, o Figueirense tem um fator a mais para acreditar na classificação para a final do Campeonato Catarinense. O time ainda não perdeu este ano no Orlando Scarpelli. Foram oito partidas, com seis vitórias e dois empates, e 31 gols marcados (média de 3,8 por jogo) e 13 sofridos. Números que deixam o torcedor otimista para o segundo jogo da semifinal contra o JEC neste domingo, às 18h30. “Domingo não tem perdão para eles”, avisou o alvinegro Carlos Alberto Silva, 51 anos.

Um dos símbolos da equipe que subiu da Série B, em 2010, e titular absoluto na boa campanha do Brasileiro do ano passado, o volante Ygor considera importante decidir em casa e está otimista para o jogo. “O torcedor comparece, incentiva ao máximo e a gente conhece o campo e os atalhos. Nosso time gosta de jogar aqui, porque imprime um ritmo forte, procura o gol a todo momento e acho que será assim no domingo”, disse.

Poucos do elenco atual conhecem tão bem a influência do torcedor alvinegro nas arquibancadas quanto o meia Fernandes. “Gosto muito de jogar no Scarpelli, com a força da torcida. Mas a gente tem que ter inteligência e saber que se nós sairmos atrás no resultado esta energia positiva pode se tornar ansiedade, e podemos ser prejudicados”, avisou o meia, que veste a camisa do Alvinegro desde 1999.

O Figueirense não perde em casa desde 27 de novembro de 2011, na derrota para o Corinthians por 1 a 0, na 37ª rodada do Brasileirão. No Estadual, o último revés foi diante do Avaí, na semifinal do returno do ano passado. Placar de 2 a 0 para o rival.

Marco Santiago/ND

Desanimado e fora do jogo de domingo, o atacante Julio Cesar observa o treino

Vontade e frustração

Sentado em cima da bola, atrás do gol, o atacante Julio Cesar treinou em separado mais uma vez e assistiu desanimado o penúltimo coletivo antes da partida decisiva de domingo. O jogador foi liberado pelo departamento médico na segunda-feira, quando foi constatada a cicatrização do estiramento de grau dois no adutor da coxa direita, e trabalhou forte durante a semana para estar em condições de jogar no domingo. Mas parece que não foi suficiente.

O imperador do Estreito limitou-se a reforçar a parte física na atividade de sexta-feira, no Scarpelli. A cada pausa no exercício, Julio Cesar olhava para o movimento dos colegas dentro de campo, nitidamente frustrado.

Outro poupado da atividade e que nem apareceu no estádio foi o meia Botti. O jogador sentiu dores após o treino de quinta e passa a ser dúvida para a semifinal. O incômodo surgiu logo na semana em que o atleta retirou a proteção da mão esquerda, fraturada há três semanas.

Em relação às duas ausências, o técnico Branco foi seco e direto. “Isto não é problema. Semana passada não tínhamos nenhum atacante e jogamos bem”, se referindo à provável ausência de Julio Cesar.

Mudanças no meio-campo

Com Julio Cesar e Botti ausentes do treino e com a suspensão do volante Túlio, o treinador promoveu mudanças no time que enfrentou o JEC no último domingo. Jackson, volante que subiu em 2011 da base, entrou no lugar de Túlio, enquanto Doriva fez a função de terceiro homem do meio-campo.

Na frente, Roni foi mantido, mas desta vez ao lado de Aloisio, que retornou em bom nível aos trabalhos. Fernandes foi recuado do ataque para o meio-campo.

Ficha Técnica Figueirense x Joinville:

Figueirense: Wilson; Pablo, Canuto, Sandro e Guilherme Santos; Ygor, Jackson (Botti), Doriva e Fernandes; Aloisio e Roni. Técnico: Branco

Joinville: Ivan; Eduardo, Pedro Paulo, Linno e Badé; Fabiano Silva, Glaydson, Ricardinho e Ramon; Alex e Bruno Rangel. Técnico: Argel Fucks

Local: Estádio Orlando Scarpelli.
Data: 27/04/2012.
Horário: 18h30.
Arbitragem: Bráulio da Silva Machado; auxiliado por Josué Gilberto Lamim e Helton Nunes.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Figueirense