Jogadores da base do JEC estão entre os 176 mil alunos de SC inscritos no Enem

Florianópolis e Joinville são as cidades com mais candidatos. Provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro

A menos de três semanas para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), os candidatos intensificam os preparativos para a maratona de provas. Em Santa Catarina, 176.654 estudantes se inscreveram. Dos 56 municípios do Estado que terão provas do Enem, nos dias 5 e 6 de novembro, Florianópolis é o que tem mais candidatos inscritos, com 19.271, seguido de Joinville, com 14.943.

Nas salas de aula de escolas públicas e particulares do ensino médio não se fala em outra coisa. Seja na escola, em casa ou em aulas de reforço, o que vale é focar e apostar nos conteúdos que podem cair no exame.

De acordo com a professora de geografia do Instituto Estadual de Educação, Priscila Naves, 23 anos, o importante agora é que os alunos revejam o conteúdo que foi aprendido durante o ano. “É difícil aprender algo novo agora, então é preciso relaxar e estudar. Não fazer tudo em um dia, mas planejar os estudos. E focar também na redação, que é uma parte importante”, diz.

Estar atento aos temas atuais também vale muito, não só para a redação, como para as questões da prova. Assuntos como o processo de impeachment, a conjuntura política e o mercado de trabalho podem aparecer nas provas.

Michael Douglas, jogador do JEC sub-17, divide seu tempo entre os estudos e os treinamentos - Carlos Junior/ND
Michael Douglas, jogador do JEC sub-17, divide seu tempo entre os estudos e os treinamentos – Carlos Junior/ND

Focado além das quatro linhas

O sonho de ser jogador foi vivido desde muito cedo pelo adolescente Michael Douglas dos Santos Silva. Dos 17 anos vividos, já são cinco fora de casa e muito longe da família, que vive em Maceió. Em Joinville, já são três anos na conta do jovem lateral-esquerdo que defende o preto, branco e vermelho nas categorias de base do Tricolor. Jogador da equipe sub-17 do clube, Michael é tido como jogador focado dentro das quatro linhas, mas não só com a bola nos pés.

Quando o treino acaba, ele troca as chuteiras pelo tênis e a mochila e o foco muda para o futuro além dos campos de futebol. Depois dos dois períodos de treino, o destino é a sala de aula. Aluno do terceiro ano do ensino médio, Michael já sabe que nos próximos dias as provas do Enem e do vestibular podem ser a porta para o ensino superior e o curso já está escolhido: Fisioterapia. “É um curso meio que do ramo e quero fugir daquele clichê que todo atleta faz Educação Física. Além disso, eu sempre vejo o trabalho deles e sei o quanto é importante”, explica o garoto que já tem uma tática para conseguir estudar no alojamento repleto de adolescentes.

Morando no CT do Morro do Meio e dividindo o quarto e o alojamento com outros adolescentes, Michael sabe que há outros jovens que se dedicam durante o dia todo aos estudos, mas também sabe usar o tempo livre para estudar. “Não posso dizer que estudo o mesmo tempo como os que fazem só isso, mas o tempinho que eu tenho, eu estudo e quando eu pego o fone de ouvido e o computador, os meninos já sabem e dizem: o Michael vai estudar. Aí eles diminuem a bagunça”, explica.

SERVIÇO

Provas: 5 e 6 de novembro

Horário: Portões serão fechados às 13h e as provas começam às 13h30

Duração: No dia 5, serão quatro horas e 30 minutos; no dia 6, cinco horas e 30 minutos

Sistema: Serão quatro provas objetivas contendo, cada uma, 45 questões de múltipla escolha, e uma redação. O Enem avalia as seguintes áreas de conhecimento: ciências humanas e suas tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia); ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia); linguagens, códigos e suas tecnologias e redação (língua portuguesa, literatura, língua estrangeira – inglês ou espanhol, artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação); matemática e suas tecnologias (matemática)

Local: O estudante pode confirmar no site enem.inep.gov.br/participante

FIQUE ATENTO

O estudante deve manter o número da senha gerada no ato de inscrição para acompanhar o processo de inscrição e verificar os resultados individuais do Enem.

O cartão de confirmação de inscrição deverá ser consultado e impresso na página do participante. Esse documento contém o número de inscrição, data, hora e local das provas.

É obrigatória a apresentação de documento com foto no dia da prova, como RG, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira de habilitação ou passaporte. 

O candidato só poderá utilizar canetas esferográficas de tinta preta e fabricada em material transparente.

Celulares e outros aparelhos eletrônicos deverão estar desligados durante as provas. Os aparelhos deverão ser colocados em um porta-objetos com lacre fornecido na hora da prova.

É proibido o uso de lápis, lapiseira, borracha, livro, manuais, anotações, óculos escuros, bonés, chapéus, fone de ouvidos, gorros e similares.

O participante só poderá deixar o local do exame após duas horas do início das provas. O caderno de questões só poderá ser levado nos últimos 30 minutos antes do término das provas.

A redação é corrigida por dois especialistas, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro. Cada corretor atribuirá uma nota entre zero e 200 pontos para cada uma das cinco competências totalizando 1 mil pontos. A nota final corresponde à média aritmética simples das notas atribuídas pelos dois corretores. Caso ocorra uma diferença de 100 pontos ou mais entre as duas notas totais ou se a diferença de suas notas em qualquer uma das competências for superior a 80 pontos, a redação passará por uma terceira correção.

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no site enem.inep.gov.br até o terceiro dia útil seguinte ao de realização das últimas provas.

Perfil do candidato do Enem em Santa Catarina

Idade

25% têm 17 anos

24% têm entre 21 e 30 anos

14% têm 18 anos

11% têm 16 anos

9% têm mais que 30 anos

9% têm 19 anos

6% têm 20 anos

2% têm menos de 16 anos

Cor/raça

75,2% se declaram brancos

16% se declaram pardos

5% se declaram pretos

2,2% não declararam

1,2% se declaram amarelos

0,4% se declaram indígenas

Sexo

57% são do sexo feminino

43% são do sexo masculino

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Educação

Loading...