Recopa Catarinense: JEC encara a Chapecoense para “começar a mudar a história”

Tricolor e Chape se enfrentam às 19h deste domingo (21) pelo segundo título do ano

“Se conseguirmos esse título, é algo que vai marcar e começar a mudar a história com força total”. É assim que o técnico Vinícius Eutrópio encara a Recopa Catarinense, que o JEC disputa neste domingo (21), contra a Chapecoense, no Oeste. A bola rola às 19h, mas o Tricolor sabe que apesar do favoritismo verde, pode trazer para Joinville a taça Paulo Magro.

ASSISTA AO JOGO AO VIVO AQUI

JEC e Chapecoense se enfrentam de olho no segundo título do ano – Foto: Vitor Forcellini/JECJEC e Chapecoense se enfrentam de olho no segundo título do ano – Foto: Vitor Forcellini/JEC

Campeão da Copa Santa Catarina, o JEC enfrenta a atual campeã da Série B e sabe que a responsabilidade é dos donos da casa, mas Eutrópio garante que a equipe não viajou mais de 500 quilômetros apenas para “cumprir tabela”. “É um grande teste, um desafio jogar contra a equipe que acabou de ser campeã brasileira. Isso vai fazer com que possamos nos fortalecer mais e obviamente nós estamos em busca do título. Respeitamos a Chapecoense, mas estamos em busca do título”, fala.

No histórico de confrontos, vantagem tricolor. Das 167 partidas disputadas, são 62 vitórias para o Coelho e 46 para o Verdão. Mas, a história recente favorece a Chapecoense, que inclusive derrotou o Tricolor na última decisão entre os dois, no Campeonato Catarinense de 2016.

Com o mesmo comando técnico há um ano, a Chapecoense teve saídas após a conquista do título, mas Eutrópio ressalta que apesar das mudanças, a equipe continua forte e preparada para a disputa. “É uma equipe que vai alternar quatro ou cinco jogadores, mas não vai mudar o estilo de jogo, nem a qualidade de equipe. É um grupo que vem se preparando para disputar a Série A e será um jogo difícil, mas tenho certeza de que será um jogo aberto”, avalia.

Com o desfalque de Fabian Volpi, quem fecha o gol tricolor é Felipe Leineker, que se destacou na final da Copa Santa Catarina. Além dele, o volante Zé Antônio não viajou para se recuperar de uma lesão na coxa.

Sem muitas mudanças, o JEC que deve entrar em campo tem as mesmas características daquele que encerrou a Copa SC, propondo o jogo e sendo agressivo e veloz. Para Eutrópio, além de disputar o segundo título do ano, a partida dá, ainda, um parâmetro do que o time precisa fazer e enfrentará no Campeonato Catarinense, que inicia para o Coelho na próxima quinta-feira (25).

“Se o título vier, será fundamental, como a Copa Santa Catarina foi, porque tem uma representatividade muito grande em termos de autoestima, de afirmação e de reconstrução”, finaliza Eutrópio.

Não há vantagem na decisão. Em caso de empate, o título será decidido nos pênaltis.

Relacionados

Goleiros: Felipe Leiniker e Caio

Defensores: Edson Ratinho, Renan Castro, André Rosa, Charles, Fernando e Jaques

Meias: Davi Lopes, Alex Nagib, Banguelê, Braga, Diego, Lucas Góes e Douglas Packer

Atacantes: Luquinhas, Thiago Santos, Alison, Gustavo Ermel, Thiaguinho, Wallisson e Edinho

Ficha Técnica

Chapecoense x JEC – Recopa Catarinense

Domingo (21), às 19h

Local: Arena Condá

Árbitro: Evandro Tiago Bender

Assistentes: Renato Erdmann e Deise Genoefa Bellaver

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Joinville Esporte Clube