Cacau Menezes

Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


Reeleição ameaçada do presidente do Avaí

O que seria péssimo para o Avaí

Presidente do Avaí Francisco Battistotti – Foto: Flávio Tin/NDPresidente do Avaí Francisco Battistotti – Foto: Flávio Tin/ND

Em outubro de 2020, após consulta à APFUT (Autoridade Pública do Futebol), o então pré-candidato à Presidência do Internacional/RS, Alexandre Chaves Barcellos desistiu de concorrer à eleição. A razão: segundo o parecer da APFUT, se eleito, o clube seria excluído do programa de parcelamento das dívidas fiscais. Lá, Barcellos foi eleito e reeleito para o Conselho de Gestão e por isso estaria proibido de concorrer a outro cargo eletivo, mesmo que para outra função.
O curioso é que a situação enfrentada pelo clube gaúcho é idêntica a do Avaí FC, que pode não contar com o atual presidente Francisco Battistotti nas próximas eleições, sob pena de perder seus parcelamentos tributários, indispensáveis para a boa gestão do clube azurra.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.