TJD-SC denuncia Paulo Baier e mais cinco jogadores por confusão em Próspera x Avaí

Motivo é a confusão em campo após a partida que terminou com vitória do Leão pelo placar de 1 a 0 no último domingo (25)

A Procuradoria do TJD/SC (Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina) denunciou o técnico Paulo Baier e outros cinco jogadores pela confusão na partida entre Próspera e Avaí no último domingo (25).

Paulo Baier, personagem central da invasão no gramado após derrota da sua equipe para o Avaí. – Foto: Lucas Colombo/EC PrósperaPaulo Baier, personagem central da invasão no gramado após derrota da sua equipe para o Avaí. – Foto: Lucas Colombo/EC Próspera

A partida, que terminou com vitória do Leão por 1 a 0, foi válida pela ida das quartas de final do Campeonato Catarinense.

O técnico do Time da Raça foi denunciado em três artigos do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva): 254-A (agressão), 257 (conflito ou tumulto) e 258-B (invasão de gramado). A pena pode ser de cinco a 19 partidas de suspensão.

Paulo Baier se irritou com o zagueiro Alemão após o término da partida. Na súmula da partida, divulgada pela FCF (Federação Catarinense de Futebol), consta que o treinador “invadiu o campo após o término da partida indo em direção aos jogadores da equipe adversária iniciando uma confusão”.

Súmula de Próspera x Avaí – Foto: Reprodução/FCFSúmula de Próspera x Avaí – Foto: Reprodução/FCF

Os jogadores Sueliton e Eduardo, do Próspera, e Getúlio e Wesley, do Avaí, também foram denunciados. Todos responderão os artigos 254-A e 257. O zagueiro Lastra responderá aos mesmos artigos, mas com o atenuante de agressão. Ao fim, todos foram expulsos pelo árbitro da partida.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Catarinense