TJD-SC mantém perda de pontos do Hercílio Luz por escalação irregular

Tribunal, no entanto, optou por diminuir a multa imposta ao clube de R$ 15 mil para R$ 10 mil

O TJD-SC (Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina) manteve a decisão pela perda de pontos do Hercílio Luz pela escalação irregular do zagueiro Alisson, na 9ª rodada do Campeonato Catarinense, em jugalmento na noite desta quinta-feira (13).

Punição pela perda de pontos do Hercílio Luz é mantida – Foto: Divulgação/FCF/NDPunição pela perda de pontos do Hercílio Luz é mantida – Foto: Divulgação/FCF/ND

O tribunal, no entanto, optou por reduzir a multa imposta ao clube de R$ 15 para R$ 10 mil. Ainda cabe recurso do Hercílio Luz no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), caso seja desejo do clube.

A reportagem do ND+ entrou em contato com o Leão do Sul que, por meio de assessoria, disse que “irá aguardar a intimição da decisão escrita para interpor o competente recurso”.

Em primeira instância, o Leão do Sul tinha sido condenado com a perda de três pontos na tabela e uma multa de R$ 15 mil. O primeiro julgamento aconteceu no dia 4 de maio.

eliminado nas quartas de final do Campeonato Catarinense pela Chapecoense, o clube perdeu a oitava posição, conquistada na primeira fase do torneio, dando a vaga na fase de mata-mata para o Figueirense.

Com isso, o Furacão passou a ter direito a jogar as partidas de ida e volta contra o Verdão. Na ida, o Alvinegro venceu pelo placar de 3 a 1, no entanto, a Chapecoense reverteu a vantagem na volta, vencendo por 2 a 0 e eliminado a equipe de Florianópolis.

Entenda o caso

Segundo a denúncia da procuradoria do TJD-SC o Hercílio Luz teria relacionado o atleta Alisson Machado Moreira para o duelo com o Brusque, válido pela 9ª rodada do Campeonato Catarinense, no dia 10 de abril, de forma irregular.

O detalhe é que o zagueiro de 23 anos Alisson, entrou na partida aos 38′ do 2º tempo na vaga do também zagueiro Diego. Segundo a procuradoria o jogador, nesse caso,  não poderia ter atuado já que poucos dias antes, em julgamento pelo TJD-SC referente a uma expulsão na final da Série B do estadual, em 2020, em duelo contra o Próspera, Alisson foi punido com um jogo de suspensão.

Dessa forma, ainda segundo a procuradoria, Alisson deveria ter ficado de fora do duelo realizado no último dia 10, no estádio Augusto Bauer, que coincidiu com a primeira partida posterior ao julgamento.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Catarinense