Avaí/Kindermann derrota o Inter-RS e sai em vantagem nas quartas de final

Após sair atrás do placar, a equipe catarinense conseguiu a virada e venceu o colorado por 3 a 2; sendo assim, um empate no jogo de domingo (1°) é o suficiente para passar de fase no Brasileirão

O Avaí/Kindermann derrotou o Internacional de virada por 3 a 2 no fim da tarde desta quarta-feira (28), no estádio da Ressacada, em Florianópolis, e leva a vantagem para o jogo de volta das quartas de final do Campeonato Brasileiro Feminino.

Avaí/Kindermann derrota o Internacional e leva vantagem para o jogo de volta – Foto: André Palma Ribeiro / Avaí FC/NDAvaí/Kindermann derrota o Internacional e leva vantagem para o jogo de volta – Foto: André Palma Ribeiro / Avaí FC/ND

A partida de volta será domingo (1º), às 16h, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Os gols azurras foram marcados por Lelê, Siméia e Camila. A equipe chegou a estar vencendo por 3 x 1.

No primeiro tempo, o Avaí/Kindermann não começou bem. As principais chances foram da equipe gaúcha, que abriu o marcador aos 21 minutos, com a volante Juliana.

A equipe do técnico Jorge Barcellos acalmou os nervos e foi em busca do empate, com um futebol de toques rápidos pelo meio. O gol surgiu aos 38 minutos, quando a atacante Lelê recebeu em profundidade um passe de Pat, passou pela goleira Yasmin e empurrou para as redes.

A reação do Avaí/Kindermann não parou aí. A equipe foi para cima e chegou à virada aos 44 minutos. Cobrança de escanteio, a bola sobrou na frente da goleira colorada, mas lá estava a zagueira Simeia, que só teve o trabalho de empurrar para as redes e sair para o abraço.

Segundo tempo

Na etapa final, o Avaí/Kindermann voltou com o domínio das ações, pois segundo o técnico Jorge Barcellos, a equipe alterou o esquema tático para 4-1-4-1, que proporcionou mais estabilidade ao grupo.

O terceiro gol saiu logo aos 8 minutos do segundo tempo. Cobrança de falta da intermediária por Julia Bianchi, a bola alçada sobre a área teve a disputa de Lelê com a goleira adversária. A bola sobrou para Camila, que empurrou para as redes.

A partir da vantagem, o Avaí administrou o resultado para o jogo da volta. Dominou as ações, explorou a ansiedade adversária e ainda contou com um lance polêmico de um possível pênalti sobre Lelê.

No entanto, aos 38 minutos o Inter descontou com a atacante Bianca Brasil, que pegou um rebote da trave e fez o segundo gol colorado. Com a vitória por 3 x 2 o Avaí/Kindermann joga com a vantagem do empate na volta, domingo (1º), no Beira-Rio, para passar à semifinal da competição.

Segundo o técnico Jorge Barcellos, foi um jogo muito difícil, contra um grande adversário. Mas a vantagem é importante para o jogo do Beira-Rio, que será um confronto de muita guerra e luta. “A gente tá precisando passar e vamos fazer de tudo para chegar à classificação”.

A arbitragem foi de Charly Wend Straub Deretti, com os assistentes Deise Genoela Belaver e Diogo Berndt. Quarto árbitro foi Evandro Thiago Bender e Analista de Campo Marco Antônio Martins.

O Avaí jogou com Bárbara; Bruna Calderam, Tuani, Simeia e Camila; Zóio, Duda e Julia Bianchi; Pat (Sthephanie), Lelê e Catyellen. O técnico foi Jorge Barcellos.

Confira os gols da partida:

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Futebol Feminino