Conteúdo por Gazeta Esportiva

Duílio explica camisa 24 de Cantillo e fala sobre negociações do Corinthians

Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, se envolveu em uma polêmica no início do ano por causa do número da camisa de Victor Cantillo. O colombiano sempre utilizou a 24, mas no Corinthians vestiria a 8, em homenagem a Freddy Rincón. “24 aqui, não”, disse Duílio, em tom de brincadeira, durante apresentação oficial do volante.

A situação ganhou repercussão, Duílio se desculpou publicamente e, para colocar um ponto final na história, o Cantillo estreou nessa quinta-feira com a camisa 24, número que será permanente até o fim da temporada.

“Sobre esse assunto já me manifestei na rede social, pedi desculpa pela brincadeira descabida, fizemos homenagem com o Rincón na Florida Cup e decidimos que ele vai com a 24 por não termos nada contra, e bola pra frente, não tenho mais nada pra falar sobre isso”, comentou o dirigente corintiano.

Sobre as negociações em andamento, Duílio Monteiro Alves não deu muitas pistas sobre o andamento das tratativas com o Benfica sobre a venda de Pedrinho e o eventual empréstimo de Yony González.

“O presidente Andrés que está tocando isso, teve reuniões, não sei falar. Se alguma coisa andar, eu imagino que ele (Pedrinho) permanece aqui, pelo menos até o meio do ano”.

Quando questionado sobre a situação de Rony, agora mais perto do Palmeiras, Duílio admitiu que chegou a conversar sobre o assunto com o advogado do jogador na semana passada, mas avisou que a situação esfriou de vez.

“Não mudou absolutamente nada, o Corinthians não fez proposta, está tudo parado e não pretendemos fazer”.

+

Futebol Internacional