Itália tenta ‘virada de mesa’ para ir à Copa do Mundo em 2022; entenda

Seleção italiana ficou de fora do Mundial após ser eliminada pela Macedônia do Norte nas Eliminatórias da Europa

Após a eliminação frustrante diante da Macedônia do Norte nas eliminatorias para a Copa do Mundo do Catar, a Itália tenta uma “virada de mesa” para conseguir ir ao Mundial em 2022.

Itália foi eliminada pela Macedônia do Norte nas Eliminatórias EuropeiasItália foi eliminada pela Macedônia do Norte nas Eliminatórias Europeias – Foto: Alberto PIZZOLI / AFP/ND

A equipe europeia se coloca como mais uma interessada caso o Equador seja proibido de disputar a competição.

Vale lembrar que o Chile também está de olho na vaga. A Fifa atendeu um pedido da ANFP (Federação Chilena de Futebol) na última quarta-feira (11) e abriu um processo disciplinar contra o zagueiro equatoriano Byron Castillo.

O Equador terminou em quarto nas eliminatórias Sul-Americanas e garantiu vaga direta na Copa. A seleção está no Grupo A com o anfitrião Catar, Senegal e Holanda.

>> Confira tudo sobre esporte no Arena ND+

No entanto, caso a Fifa puna a seleção do Equador pela possível irregularidade na documentação, a vaga no Mundial trocaria de mãos, com o Peru indo diretamente e o Chile participando da repescagem com o vencedor de Emirados Árabes x Austrália, que acontece em junho.

E onde a Itália entra na história?

O ex-membro do comitê do CONI (Comitê Olímpico Nacional Italiano), Franco Chimenti, disse que a Itália ainda tem chance de jogar a Copa do Mundo se o Equador for “banido”.

Itália conquistou a Eurocopa em 2021Itália conquistou a Eurocopa em 2021 – Foto: Twitter/Reprodução/ND

“Ainda há uma chance de ver a Itália na Copa do Mundo e é mais concreto do que as pessoas pensam”, disse Chimenti em declaração revelada pelo jornal La Repubblica.

“Aparentemente, o Equador usou um jogador que não tinha permissão para entrar em campo e poderia pagar por isso. Se isso acontecer, outro país deve substituí-los e as regras da Fifa determinam que o país mais alto no ranking da Fifa deve ser lembrado, no momento, é a Itália”, explicou o cartola.

Possíveis cenários

De acordo com o La Repubblica, a entidade máxima do futebol pode tomar duas decisões diferentes. O Equador pode perder os pontos ganhos nas partidas em que Castillo jogou, permitindo que o Chile termine acima no grupo de qualificação.

No entanto, outra opção é excluir o Equador e dar o passe da Copa do Mundo para outro país. Neste caso, a Azzurra teria uma chance, sendo a equipe mais alta no ranking da Fifa até o momento.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Internacional

Loading...