Conteúdo por Gazeta Esportiva

Jogadores do Monchengladbach aceitam reduzir salários para ajudar funcionários do clube

A crise causada pelo coronavírus tem afetado a vida das pessoas de várias maneiras, entre elas, na questão financeira. Pensando nisso, os jogadores do Borussia Monchengladbach, que disputa o Campeonato Alemão, aceitaram um corte nos salários para que o clube pudesse pagar os funcionários que mais precisam.

Segundo Max Eberl, diretor esportivo do Monchengladbach, disse que os jogadores entendem a situação e colocaram parte de seus salários à disposição para ajudar o clube. Além dos atletas, a comissão técnica, os diretores e CEO’s aceitaram a diminuição dos pagamentos, tendo em vista que a receita do clube tende a secar com a paralisação dos campeonatos.

A Bundesliga está paralisada, a princípio, até o dia 2 de abril. Mas a tendência é que o campeonato estenda o período sem jogos devido à pandemia do coronavírus. Até a suspensão do torneio, o Borussia Monchengladbach ocupava a quarta posição, o que garantia ao time uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

+

Futebol Internacional