Conteúdo por Gazeta Esportiva

Luis Enrique é anunciado de volta no comando da seleção espanhola

A Real Federação Espanhola confirmou o retorno de Luis Enrique ao cargo de técnico da seleção principal na manhã desta terça-feira, em coletiva de imprensa. Em junho, ele pediu afastamento por conta de problemas pessoais – dois meses depois, sua filha faleceu devido a um tumor ósseo aos nove anos de idade.

“Hoje podemos confirmar que Luis Enrique regressa ao posto. Em 19 de junho firmamos acordo com Robert Moreno, mas deixamos claro que, se Luis Enrique quisesse voltar, teria as portas abertas”, disse Luis Rubiales, presidente da Federação, nesta manhã.

Rubiales ainda confirmou que houve uma reunião em outubro e outra na última segunda-feira e, entre essas conversas, Robert Moreno, que ficou em seu lugar, disse que Luis Enrique gostaria de retornar ao posto. Então ele e José Francisco Molina, diretor esportivo, conversaram com o técnico e ficou acertado que ele estava de volta.

“Ele é o chefe deste projeto, que começou com as Eliminatórias da Eurocopa e vai até a Copa do Mundo (de 2022). Gostaria de desejar sorte para ele”, completou.

Em seu lugar, Moreno conquistou bons resultados. Foram sete vitórias, dois empates e nenhuma derrota, com 29 gols a favor e apenas quatro contra – o último triunfo veio nesta segunda, um 5 a 0 sobre a Romênia. Por conta disso, alguns veículos internacionais criticaram a decisão antes mesmo de ela ser comunicada oficialmente.

+

Futebol Internacional