Magnata chinês se apresenta como possível comprador do Milan

Segundo o diário espanhol 'AS', Peter Lim pretende comprar 51% das ações do clube italiano. No entanto, o presidente Silvio Berlusconi pretende vender somente 30%

Divulgação

O Milan está a venda. Há algumas semanas o clube italiano desmentiu a informação, porém a filha do presidente Silvio Berlusconi, Barbara, admitiu que há a busca por um investidor disposto a comprar 30% das ações. O capital poderia vir de Peter Lim, magnata chinês que já ofereceu 300 milhões de euros (R$ 921,4 milhões) para comprar 51% das ações.

Segundo o diário “AS” ´publica nesta segunda-feira, Lim esteve reunido com o vice-presidente milanista Adriano Galliani. No encontro também estava presente o empresário português Jorge Mendes.

O preço de 100% das ações do Milan é de 950 milhões de euros (R$ 2,9 bilhões). No entanto, Berlusconi não estaria aceitando vender mais do que 30% dos papéis. As negociações se estenderão pelos próximos meses. Lim também está interessado em comprar o Valencia, porém quer adquirir um clube sem amarras.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Internacional

Loading...