Maradona teria sido enterrado sem coração por motivo inusitado

A informação foi revelada pelo jornalista Nelson Castro, que escreveu um livro sobre Diego Maradona

O jogador de futebol argentino Diego Maradona, que morreu em 25 de novembro de 2020, teria sido enterrado sem o coração.

Diego Maradona Maradona morreu em novembro de 2020 – Foto: Paulo Pinto/FotosPublicas/Divulgação/ND

Segundo o El Trece, que entrevistou o médico e jornalista Nelson Castro, a decisão inusitada foi uma forma de proteger o órgão do craque futebolístico.

“Houve uma movimentação de um grupo de barras bravas [torcedores organizados] do Gimnasia y Esgrima La Plata, que planejava arrombar o caixão e extrair o coração de Maradona. O ato não se concretizou. Descobriram que ele ia ocorrer, então extraíram o coração”, afirmou Castro.

Além disso, segundo o jornalista, ter o coração em mãos foi importante para determinar a causa da morte de Maradona, que foi vítima de uma parada cardiorrespiratória.

MaradonaO coração teria tamanho maior que o normal – Foto: Reprodução/Figueirense/ND

O órgão também teria chamado a atenção dos médicos pelo tamanho.”Ele pesava meio quilo e era muito grande”, revela o jornalista.

“Um coração costuma pesar 300 gramas. Era um coração grande não só porque ele era atleta, mas também pela insuficiência cardíaca que o ex-jogador sofreu”, complementa Castro, que é autor do livro “La Salud de Diego” (em português, “A Saúde de Diego”).

*Com informações de El Trece

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Internacional

Loading...