Racismo no futebol: gigante do futebol vai denunciar jornalista

Barcelona não gostou da análise de um veículo ao jogador Ansu Fati pela Liga dos Campeões da Europa

Mais um possível caso de racismo no futebol veio à tona nesta quinta-feira (22). pode Aos 17 anos, Ansu Fati entrou para a história do Barcelona ao se tornar o primeiro jogador com menos de 18 anos a marcar dois gols na Liga dos Campeões. A atuação destacada na última quarta-feira (21) rendeu elogios na imprensa espanhola, mas o jornalista Salvador Sostres, do jornal espanhol ABC, “escorregou” nas palavras. Ele comparou o jovem a um “ambulante negro”.

Jogadores do Barcelona tocam a bola em campo de treinamentoAnsu Fati (à dir) foi comparado a “ambulante negro que foge da polícia” quando joga bola – Foto: Miguel Ruiz – FC Barcelona/ND

Após tomar conhecimento do texto, o Barcelona, de acordo com o jornal Sport, está decidido a apresentar denúncia de racismo contra Sostres. “Ansu correndo tem algo de gazela, de um camelô jovem e negro que, de repente, seria visto correndo pelo Paseo de Gracia (região de Barcelona) quando alguém grita: ‘Água, água!’, anunciando que a Guarda Urbana chegou”, escreveu o jornalista.

+

Futebol Internacional