Superliga Europeia: veja como a nova competição está movimentando o futebol europeu

O objetivo dos clubes idealizadores é de confrontar a UEFA, maior entidade do futebol europeu e também a Liga dos Campeões da Europa

A noite deste domingo (18) movimentou o cenário do futebol europeu. Isto aconteceu por conta da divulgação da criação da Superliga Europeia, uma competição idealizada e que será organizada por 12 grandes clubes da Europa.

O objetivo dos clubes idealizadores é de confrontar a UEFA, maior entidade do futebol europeu, fazendo frente à Liga dos Campeões da Europa, maior competição de clubes do mundo.

Superliga criada por clubes pretende substituir a participação na Liga dos Campeões da Europa, maior torneio de clubes do mundo – Foto: (Paul Ellis / AFP)Superliga criada por clubes pretende substituir a participação na Liga dos Campeões da Europa, maior torneio de clubes do mundo – Foto: (Paul Ellis / AFP)

A Superliga reúne clubes da Inglaterra, Espanha e Itália. São eles: Arsenal, Chelsea, Tottenham, Manchester United, Manchester City e Liverpool (Inglaterra); Barcelona, Real Madrid e Atlético de Madrid (Espanha); Juventus, Milan, Internazionale de Milão (Itália).

O novo campeonato prevê a participação de equipes fixas, com convidados menores e menos relevantes no cenário europeu e sem rebaixamento.

UEFA se manifesta

A maior entidade do futebol europeu, juntamente com as federações inglesa, espanhola e italiana se manifestaram totalmente contrárias à criação do novo torneio.

“Se isso acontecer, queremos reiterar que nós – UEFA, Federação Inglesa, RFEF, FIGC, Premier League, LaLiga, Lega Serie A, mas também FIFA e todas as nossas federações-membro – permaneceremos unidos nos nossos esforços para impedir este projecto, que se baseia no interesse de alguns clubes num momento em que a sociedade precisa mais do que nunca de solidariedade”, alegou a entidade em seu site.

Clubes não poderão jogar outras competições

Como forma de desencorajar a realização da Superliga Europeia, a FIFA e as federações envolvidas informaram que os clubes criadores da competição não poderão participar de qualquer outra competição a nivel nacional, internacional e mundial.

Além disso, os jogadores destes clubes também poderão ser impedidos de jogar pelas seleções nacionais de seus países.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Internacional