Conteúdo por Gazeta Esportiva

Venda ou empréstimo? Flamengo e Arsenal não se entendem e negócio por Pablo Marí emperra

A transferência de Pablo Marí para o Arsenal parecia encaminhada, mas uma divergência entre o Flamengo e o clube inglês pode melar o negócio. A Gazeta Esportiva apurou que a proposta por empréstimo não agrada ao time carioca, que quer a venda dos direitos do atleta.

No último final de semana, o zagueiro chegou a viajar para Londres para realizar exames médicos. A falta de acordo entre os dois clubes, entretanto, deve fazer com que ele volte ao Rio de Janeiro. Marí é esperado no Ninho do Urubu nesta segunda-feira, para iniciar o trabalho com o grupo rubro-negro.

Flamengo e Arsenal não se entendem no modelo de transferências por Marí (Foto: Divulgação/Alexandre Vidal)

Apesar do conflito entre venda e empréstimo, o Arsenal ainda pode contar com o zagueiro. A janela de transferências na Inglaterra fecha nesta terça-feira, e os Gunners têm de correr contra o tempo para se acertar com o Flamengo se quiser o jogador ainda para essa temporada. O Rubro-Negro detém 100% dos direitos econômicos do beque.

Como antecipou a Gazeta Esportiva, a proposta dos ingleses era de empréstimo, que consistia no pagamento de 4 milhões de euros, aproximadamente R$ 18,4 milhões, para ter o zagueiro até julho de 2020.

O contrato ainda estaria atrelado a algumas metas, que poderiam fazer com que a negociação chegasse a 6 milhões de euros até julho. O Arsenal também teria prioridade de compra após o término do vínculo por empréstimo. Se optasse por adquirir o atleta de maneira definitiva, o valor estipulado era de 4 milhões de euros.

+ Futebol Internacional