VÍDEO: Com ‘apito nervoso’, juiz encerra partida duas vezes antes do tempo

Caso ocorreu no confronto entre Tunísia e Mali, válido pela Copa Africana de Nações nesta quarta (12)

O confronto entre Tunísia e Mali, válido pela primeira rodada do grupo F da Copa Africana de Nações nesta quarta-feira (12), ficou marcado pelas decisões confusas do árbitro de Zâmbia Janny Sikazwe. Ele encerrou a partida, vencida pela seleção malinesa por 1 a 0, por duas vezes.

De acordo com o jornal inglês Daily Mail, o juiz apitou o fim de jogo inicialmente aos 40 minutos da segunda etapa, o que gerou uma confusão no gramado. As equipes tinham acabado de retornar de uma pausa para descanso e aparentemente o relógio não foi interrompido. As informações são do Uol.

Árbitro encerra partida duas vezes na Copa Africana de Nações – Foto: Reprodução/ YoutubeÁrbitro encerra partida duas vezes na Copa Africana de Nações – Foto: Reprodução/ Youtube

O juiz então procurou ajuda na lateral de campo e acabou corrigindo seu primeiro erro e retomou a partida. Aos 42, ele expulsou um jogador de Mali, com um cartão vermelho direto, ignorando um aviso do VAR que a infração deveria ser punida com amarelo.

O árbitro encerrou a partida mais uma vez antes dos 90 minutos. A decisão não considerou nenhuma das paradas técnicas do segundo tempo e nem duas checagens feitas do árbitro de vídeo.

Pressão da Tunísia

Sem nenhum acréscimo, a seleção da Tunísia pressionou o árbitro e a segurança precisou entrar em campo. Os agentes fizeram uma barreira protegendo o árbitro e o escoltaram na saída do gramado.

O gol do jogo foi marcado por Ibrahima Koné, de pênalti, aos três minutos do segundo tempo. Os tunisianos perderam uma penalidade com Wahbi Khari, aos 32 minutos da etapa final, que igualaria o placar.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Internacional

Loading...