Conteúdo por Gazeta Esportiva

Corinthians estreia na Libertadores com espírito de vingança

Vai começar a Copa Libertadores da América para o Corinthians. Depois de uma temporada fora da principal competição do continente, o Timão estreia nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), no Paraguai.

A ansiedade se mescla ao sentimento de busca por vingança entre os corintianos, pelo menos é assim em boa parte da torcida, pois logo de cara o adversário será o Guaraní, algoz da equipe alvinegra nas oitavas de final da edição de 2015.

Assim como há cinco anos, os paraguaios começam o mata-mata em casa e depois decidem a vaga na Arena de Itaquera, dia 12. Nesta quarta, o duelo será no Estádio La Nueva Olla, que pertence ao Cerro Porteño, por opção dos mandantes.

O encontro será pela segunda fase da Libertadores. E se o Corinthians está chegando agora, o Guaraní teve de passar pelo San Jose-BOL antes. Quem avançar agora pegará o sobrevivente do duelo entre Palestino-CHI e Cerro Largo-URU. Só a partir daí será conhecido o último membro do grupo B, que já conta com Palmeiras, Bolívar-BOL e Tigre-ARG

Para não ser surpreendido, Tiago Nunes acelerou a preparação corintiana. Não poupou seus principais jogadores e agendou treinamentos até mesmo em dias de jogos. O técnico contratado para esta temporada não poderá contar com Ramiro, Danilo Avelar (ambos lesionados) e Pedrinho (Seleção Brasileira Sub-23).

Mesmo assim, a escalação não deve ter grandes surpresas. O time que iniciou e agradou bastante no clássico com o Santos, no último domingo, deve começar jogando.

O adversário ainda não perdeu na temporada, tomou apenas um gol e marcou nove vezes e briga na parte de cima da tabela do nacional local. Por isso, o clima é de respeito de ambos os lados.

“Vencer o clássico é importante, e do jeito que foi, com um a menos, não levamos sustos. Dá moral para a estreia na Libertadores”, comentou Camacho.

FICHA TÉCNICA

GUARANÍ-PAR X CORINTHIANS

Data: 5 de fevereiro de 2020, quarta-feira

Local: Estádio La Nueva Olla, em Assunção (Paraguai)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Alexis Herrera (VEN)

GUARANÍ-PAR: Jorge Bava; Baez, Lópes (Leiva), Benítez e Dávalos; Merlini, Walter Clar, Maná, Fernández e Angel Benítez; Bobadilla.

Técnico: Francisco Burgo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Sidcley; Camacho, Cantillo e Luan; Janderson, Everaldo e Boselli

Técnico: Tiago Nunes