FOTOS: Quem são os jogadores da Argentina que deram informações falsas para a Anvisa

Confronto foi suspenso com menos de cinco minutos do primeiro tempo após agentes da Polícia Federal e da Anvisa entrarem em campo

O jogo entre Brasil e Argentina, deste domingo (5), válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, fica marcada por conta da interrupção dos agentes da  Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e da Polícia Federal por conta do descumprimento das regras sanitárias por parte dos jogadores da seleção Celeste e Branca.

Lo Celso, camisa 20, é um dos jogadores envolvidos na polêmica – Foto: AFA/Divulgação/NDLo Celso, camisa 20, é um dos jogadores envolvidos na polêmica – Foto: AFA/Divulgação/ND

De acordo com o comunicado, os quatro jogadores argentinos deveriam ser deportados, criando uma bolha para que eles saíssem do hotel e fossem direto para o Aeroporto de Guarulhos, onde embarcariam de volta para a Argentina.

Por outro lado, o quarteto argentino embarcou no ônibus da delegação argentina rumo à Neo Quimica Arena, em São Paulo, onde ocorreu o jogo contra a Seleção Brasileira.

Segundo a Anvisa, eles não poderiam entrar no Brasil pelo fato de ter passado pela Inglaterra nas últimas duas semanas. O certo seria que o grupo realizasse uma quarentena de 14 dias antes de desembarcar em território nacional, conforme previsto na Portaria Interministerial nº.655/2021.

Após a interrupção, a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), por meio de nota, informou que o árbitro da partida suspendeu o jogo.

Além disso, o árbitro e o comissário da partida serão levados para a Comissão Disciplinar da FIFA para determinar os próximos passos. Veja:

Confira quem são:

Três dos quatro jogadores envolvidos na polêmica foram escalados entre os titulares e estiveram na Inglaterra com menos de 14 dias.

O primeiro é o goleiro Emiliano Martínez, de 28 anos, que atua pelo Aston Villa. Antes do jogo deste domingo (5), ele atuou na vitória da Argentina contra a Venezuela, por 3 a 1, na última quinta-feira (2). Além disso, defendeu o Aston Villa, na Inglaterra, no dia 28 de agosto, ou seja, oito dias antes do confronto contra o Brasil.

Goleiro Emiliano Martinez atua pelo Aston Vila, da Inglaterra – Foto: Internet/Reprodução/NDGoleiro Emiliano Martinez atua pelo Aston Vila, da Inglaterra – Foto: Internet/Reprodução/ND

O zagueiro Cristian Romero, de 23 anos, também, foi escalado entre os titulares da Argentina. O jovem defensor atua pelo Tottenham, da Inglaterra, desde agosto deste ano.

Além disso, ele participou da vitória da equipe britânica contra o Paços de Ferreira, de Portugal, por 3 a 0, no dia 26 de agosto.

Cristian Romero, zagueiro da Argentina e do Tottenham – Foto: Tottenham/Reprodução/NDCristian Romero, zagueiro da Argentina e do Tottenham – Foto: Tottenham/Reprodução/ND

O terceiro que entrou como titular foi Giovani Lo Celso, também, jogador do Tottenham, clube do zagueiro Romero. O volante, 25 anos, é um dos principais nomes da seleção.

Lo Celso participou da vitória contra a Venezuela e atuou no confronto diante do Paços de Ferreira, no dia 26 de agosto, onde marcou um dos três gols da equipe britânica.

Giovani Lo Celso atuando pelo Tottenham – Foto: Internet/Reprodução/NDGiovani Lo Celso atuando pelo Tottenham – Foto: Internet/Reprodução/ND

O meia Emilliano Beundía é o quarto nome envolvido na confusão. Aos 24 anos, o atleta defende o Aston Villa, da Inglaterra. Sua última atuação foi no empate contra o Brentford, pela Premier League, no dia 28 de agosto, onde marcou o único gol da sua equipe.

Emiliano Buendía com a camisa do  Aston Villa – Foto: Internet/Reprodução/NDEmiliano Buendía com a camisa do  Aston Villa – Foto: Internet/Reprodução/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...