Por greve geral na Argentina, Botafogo toma precauções

País praticamente irá parar na meia-noite de quinta-feira, logo após a partida do Glorioso contra o San Lorenzo, no Nuevo Gasómetro, pela Copa Libertadores

Divulgação

Assim que a próxima quinta-feira começar, uma greve geral se iniciará na Argentina. E às 22h de quarta-feira, o Botafogo enfrentará o San Lorenzo, no Nuevo Gasómetro, pelo Grupo 2 da Copa Libertadores. Ou seja, o jogo terminará praticamente no mesmo horário que a greve terá início.

A paralisação deve afetar transporte, policiamento, saúde, educação e outras necessidades básicas do dia-a-dia. Até os taxistas podem entrar na greve.

Por isso, o Botafogo foi notificado por autoridades locais, que pediram aos torcedores que vão ao jogo para que se programem na hora de sair do estádio e para que todos entrem e saiam juntos do estádio do San Lorenzo e peguem transportes alternativos. O retorno da delegação ao Rio de Janeiro, na quinta-feira, também pode ter problemas e atrasar.

Cartazes estão sendo espalhados por toda a cidade de Buenos Aires, informando da decisão tomada pelos sindicalistas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...