Presidente do River Plate teme que clube vá à falência

D'Onofrio afirma que Millionarios não têm caixa para contratarem reforços para a temporada

Divulgação

Maior campeão argentino com 33 títulos e duas vezes campeão da Copa Libertadores, o River Plate atravessa um momento financeiro tão delicado que o presidente do clube, Rodolfo D’Onofrio, chega a falar em falência.

Eleito no ano passado, o sucessor de Daniel Passarella revelou à Rádio Cooperativa que o River atravessa um momento grave e desesperador.

– A única maneira é agir de forma racional e evitar que o clube vá à falência. Financeiramente, estamos na Série C e lutando muito para não chegar na D. O River é um clube abandonado e não podemos ser irresponsáveis. Temos que cuidar de cada centavo que entra no clube. Não temos nenhum tostão em caixa – desabafou D’Onofrio.

Poucos ou nenhum reforço deve chegar para a temporada. Para piorar, o clube tem grande chance de se desfazer do zagueiro Balanta, maior joia do elenco do clube e cobiçado até por gigantes europeus.

– Quais jogadores que jogam na Argentina e são melhores do que o River Plate tem? Não podemos fazer loucuras com atletas que não dão certo. O ideal seria trazer o D’Alessandro, mas ele já disse que não quer vir e nós não temos condições de trazê-lo – completou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Sul-americano

Loading...