Fábio Machado

fabio.machado@ndmais.com.br Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Que pena. Jogo da seleção Brasileira com a Seleção da Argentina seria um jogão de bola

Bastaram apenas 5 minutos, antes da suspensão da partida, para dar uma ideia do que seria o confronto. Oito faltas tinha sido marcada e com encaradas e empurrões. Seria um jogão.

CBF<a href="https://www.cbf.com.br/a-cbf/informes/index/nota-oficial-suspensao-da-partida-entre-brasil-e-argentina" target="_blank" rel="noopener noreferrer"> emitiu nota</a> sobre o suspensão do jogo do Brasil e Argentina. &#8211; Foto: CBF/DivulgaçãoCBF emitiu nota sobre o suspensão do jogo do Brasil e Argentina. – Foto: CBF/Divulgação

Não vou aqui discutir o motivo da suspensão da partida entre a Seleção Brasileira e a Seleção Argentina desta tarde de domingo, no Itaquerão, em São Paulo. Deixo esse assunto para especialistas em vigilância sanitária, pandemia, saúde e burocracia governamental. Ou para aqueles “especialistas de tudo” que é o que mais tempos por aí. Vou apenas tentar focar naquilo que tento melhorar ( e nem sempre consigo) no meu dia a dia: o futebol.

E caros amigos e amigas aqui da coluna, que pena que o jogo não ocorreu. A previsão era de uma partida quente, disputada e com cara de clássico, de rivalidade na sua maior essência. Era o primeiro confronto entre Brasil e Argentina depois da derrota da seleção Canarinho, no Maracanã, há dois meses pela Copa América. Tinha cara de revanche. E bastou apenas os 5 primeiros minutos de jogo para ter uma ideia do que seria a partida. Oito faltas foram marcadas de lado a lado. De cara, os experientes atletas perceberam que o árbitro venezuelano Jesús Valenzuela não teria pulso firme e comando da partida. E dá-lhe empurrões e encaradas entra brasileiros e argentinos. Tanto que no momento da “invasão” de um fiscal da Anvisa e da Policia Federal, a bola estava parada após uma falta do Neymar no Leandro Paredes e com trocas de “gentilezas” entre os jogadores. Acreditem, seria um jogão de bola!

Argentina vence o Brasil no Maracanã e conquista a Copa América &#8211; Foto: Lucas Figueiredo/CBF/NDArgentina vence o Brasil no Maracanã e conquista a Copa América – Foto: Lucas Figueiredo/CBF/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...