A força do clássico

JEC/Divulgação

Tricolor precisa vencer para se manter vivo

Cresci ouvindo meu pai dizer que clássico não se joga, se ganha. Não importa se o gol da vitória vem em um belo chute de fora da área, de cabeça ou meio sem querer como tanto que já vimos nesses Estaduais da vida. O que importa é vencer. O clássico te tira de uma crise ou afunda de vez. Ele salva pele de treinadores ou os demite muitas vezes sem dó. Clássico é aquele jogo que nem sempre o melhor time e o favorito levam vantagem e vencem seus jogos. No jogo de domingo contra o Avaí na Arena, as duas equipes jogam suas vidas aqui dentro no turno. Quem perder, dá adeus a qualquer chance de conquistar o turno. Em caso de empate, as duas equipes também devem morrer abraçadas. Por isso acredito que será um jogo aberto, com os dois times buscando o gol. O clássico contra o Avaí marca uma fase turbulenta vivida pelas duas equipes. Pelo lado da Azurra o problema é financeiro. Pelos lados do Coelho, o problema é ainda maior com crises internas e um clima pesado. Se o resultado contra o Leão não vier mudanças dentro do Joinville serão feitas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...