Conteúdo por Gazeta Esportiva

Andrés descarta possibilidade de reedição da dupla Jô e Tevez no Corinthians

Enquanto a bola não volta a rolar no Brasil, alguns nomes começam a ser especulados nos clubes como possíveis reforços. No Corinthians, os nomes da vez são os atacantes Jô e Tevez, ex-atletas do Timão. Porém, o presidente Andrés Sanchez descartou a contratação da dupla.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes neste sábado, Andrés afirmou que não pensa em fechar negócio com os dois para que possam reeditar a parceria de 2005 no ataque corinthiano, e destacou o que atrapalha o alvinegro na transação com o argentino.

Jô e Tévez formaram dupla no Corinthians em 2005

“Eu não penso nisso não. É que a imprensa argentina especula muito. O Tevez custa 5 milhões de dólares (cerca de R$ 29 milhões) por ano, então a chance do Corinthians contratar é zero. Além disso, Nem sabemos se o Tevez quer continuar jogando. É um jogador que cairia muito bem no clube, é um ídolo, mas a contratação hoje é praticamente impossível. Até porque não tem futebol, não sabemos o que vai acontecer. Precisa ver o que ele quer da vida”, disse.

Andrés já havia declarado à Rádio Club 947 que, apesar de considerar Tevez como um ídolo, não tem interesse em contratá-lo. O presidente ainda deu detalhes sobre o interesse do clube na contratação do atacante Jô, que está atualmente no Nagoya Grampus, do Japão. Para ele, o atacante deve “se livrar” do time japonês para começar a conversar.

“Se ele estiver livre, a gente conversa sim. É um jogador que interessa pro Corinthians, ele quer vir para cá, nós queremos ele, mas ele tem que se livrar do time japonês. O Jô já sabe como é o Brasil, é uma questão diferente, um ser humano diferente, e há alguns anos ele estava no Corinthians. Se chegarmos a uns números bons, fechamos”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol

Loading...