Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Cada governo estadual pensa diferente sobre a volta do futebol

Se por aqui, o prefeito Gean Loureiro deve receber o presidente da FCF, Rubens Angelotti, e a   equipe da vigilância Epidemiológica da capital deve inspecionar pessoalmente os protocolos de saúde implantados no estádio da Ressacada, numa tentativa de acerto para que os jogos do estadual do Avaí sejam realizados no sul da ilha, sem precisar que o Leão da Ilha atue contra a Chapecoense em Palhoça, as situações em outros estados caminham a passos de acordo com as suas realidades. Se no campeonato carioca a bola já está rolando mesmo com protestos dos jogadores do Botafogo e Fluminense no gramado, no Rio Grande do Sul, mesmo com o governador Eduardo Leite acenando com a possibilidade remota do retorno dos jogos, as suas palavras deixam mais dúvidas que certezas no ar: “Retorno do futebol não é prioridade, mas estamos discutindo a conclusão do Gauchão, já que a proposta da Federação é consistente”. Em Minas Gerais, a decisão mais radical do governo sobre o assunto: sem futebol em julho, já que “nenhum protocolo seria adequado ao momento” segundo as palavras do Secretário de Saúde Mineiro, Carlos Eduardo Amaral.

. – Foto: .. – Foto: .

+ Fábio Machado