Clássico paraibano termina em confusão

Treze e Botafogo-PB se enfrentaram. Diretor do Botafogo-PB revela ofensas de dirigentes adversários e ataque a jogador do clube

O presidente do Botafogo-PB, Nelson Lira, diz ter sido ofendido por um membro da diretoria do Treze, nas cadeiras do Estádio Presidente Vargas durante o clássico entre Treze x Botafogo-PB, válido pela quarta rodada do segundo turno do Campeonato Paraibano. Nelson não quis revelar o nome do dirigente.

Para o presidente é normal ser insultado e hostilizado por torcedores adversários, como também aconteceu durante o jogo, mas por um dirigente de clube é tratado como algo inadmissível.

As confusões no clássico não ficaram somente nas arquibancadas. O Botafogo-PB, por meio de seu site oficial, informou que o meia Leomir foi hostilizado depois do fim da partida por um membro de uma emissora de televisão local. Segundo o site, um assitente de câmera da emissora, teria levantado o tripé da câmera contra o jogador, que conseguiu desviar, mas acabou, ainda assim, sendo ofendido pelo funcionário. De acordo com o clube, o fato foi presenciado por um radialista local.

Quanto a partida, o Treze venceu por 1×0 com gol contra do zagueiro Eventon.

O Treze é vice-líder do segundo turno do estadual com 9 pontos conquistados, um a menos que o líder, Souza. Já o Botafogo-PB ocupa a quarta colocação com 6 pontos ganhos.

Na próxima quinta-feira (03), pela quinta rodada, o Treze visita o Auto Esporte, último colocado e que ainda não somou pontos, às 20h30. Já o Botafogo-PB que jogaria contra o líder Souza, estreia pela Copa do Brasil recebendo o Goiás, na quarta-feira (02). A partida do campeonato estadual foi adiada para o dia 04 de maio.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol

Loading...