Companhia aérea fixa teto de R$ 999 para tarifas durante a Copa-2014

Após anúncio da Azul, Avianca segue o mesmo rumo da concorrente no setor

Divulgação

Após a companhia aérea Azul determinar um limite de preços nas tarifas durante a Copa do Mundo, a Aviança também estabeleceu um teto no preço de suas passagens durante o período.

Assim como sua concorrente, a empresa fixou em R$ 999 o teto a ser cobrado em voos nacionais.

De acordo com a Avianca, a norma passa a valer já nesta quinta-feira. A companhia informou ainda que a limitação nos valores vai ter duração de seis meses.

– Este é mais um passo para que o turismo cresça livre de práticas gananciosas. É importante que o próprio mercado reconheça a necessidade de tetos contra abusos – afirmou o presidente da Embratur Flávio Dino, em declaração ao ‘Portal da Copa’.

Em 26 de fevereiro de 2013, Dino enviou ofício à Secretaria de Aviação Civil (SAC) e propôs que um teto tarifário para as passagens domésticas fosse criado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol

Loading...