Conheça a nova equipe de futebol de São José, o Clube Atlético Catarinense

Também conhecido como CAC, a equipe josefense deve disputar o Campeonato Catarinense Série C; no entanto, diretoria projeta construir um estádio de cerca de 12 mil lugares para o futuro

Cidade vizinha de Florianópolis, São José agora conta com uma equipe de futebol profissional, o Clube Atlético Catarinense, também conhecido como CAC. Além do sonho de se tornar um dos principais clubes de Santa Catarina, o projeto que iniciou em março de 2020 é bem ambicioso e conta com um estádio de 12 mil lugares e projeto social para atender crianças do município.

Clube Atlético Catarinense buscou traços da bandeira de Santa Catarina e São José – Foto: CAC/Divulgação/NDClube Atlético Catarinense buscou traços da bandeira de Santa Catarina e São José – Foto: CAC/Divulgação/ND

Criado por um grupo de josefenses, o CAC já está inscrito para disputar a terceira divisão do Campeonato Catarinense. Conforme o presidente do clube e um dos fundadores, Daison Rodrigues, o investimento inicial terá que acontecer por parte dos próprios dirigentes, mas ressalta que a equipe pode alçar voos maiores.

“Inicialmente nós que investiremos no clube, mas já estamos alinhando parcerias importantes que nos darão algum suporte, principalmente nos projetos a longo prazo. Não viemos para fazer aventura. O CAC vai orgulhar São José”, disse Daison Rodrigues que já trabalhou na montagem de outros clubes no interior do Rio Grande do Sul .

Em sua identidade, o CAC trouxe muitas características de Santa Catarina e, principalmente, São José. Mesmo com uma certa semelhança com os traços do novo emblema do Athletico Paranaense, cada detalhe tem seu significado.

As três listras do escudo representam os três distritos do município de São José. Além disso, o mascote é uma águia, elemento que consiste na bandeira do estado.

Leia também: 

Planejamento para a temporada

No entanto, assim como os demais clubes do mundo, o planejamento para a temporada do futebol foi afetada por conta da paralisação do futebol mundial. No entanto, mesmo com um orçamento “pés no chão” a diretoria do CAC segue otimista para um bom campeonato.

“Nosso objetivo é subir e sabemos o tamanho do investimento necessário para atingir esta meta. Não faremos loucuras e estamos bem atentos aos valores de mercado”, finalizou.

Por conta da parada, a formação da equipe para a disputa da terceira divisão foi afetada. Porém, o presidente Daison Rodrigues confirmou que existem conversas adiantas com atletas e membros para a comissão técnica para conquistar o acesso para a segunda divisão do catarinense.

Em busca de uma casa

Planejamento é conquistar seu espaço físico para comandar as partidas – Foto: CAC/Divulgação/NDPlanejamento é conquistar seu espaço físico para comandar as partidas – Foto: CAC/Divulgação/ND

Mesmo com uma recente criação, o planejamento para o clube foi pensado em curto, médio e longo prazo. Para este ano, um local será adaptado para comandar as partidas da terceirona. No momento, três campos foram mapeados no município que dependem de ajustes para atender as exigências da FCF (Federação Catarinense de Futebol) e receber partidas oficiais.

Em médio prazo, o planejamento do CAC é construir um complexo esportivo com arquibancadas móveis, campo de futebol profissional e um de society em anexo. No entanto, o clube vai depender de parcerias e captação de investimento do projeto inicial que contará com um espaço de vestiário e área de convivência.

Para o futuro, o CAC espera construir a Arena São José, com capacidade para cerca de 12 mil pessoas. Dessa forma, poderia receber jogos em nível nacional e eventos de grande porte. Assim como um ginásio, dois campos de society, academia e Centros de Excelência Esportiva.

Expectativa é de construir um complexo esportivo para o clube – Foto: CAC/Divulgação/NDExpectativa é de construir um complexo esportivo para o clube – Foto: CAC/Divulgação/ND

Contato com a comunidade

O presidente do clube acredita que a forma de angariar torcedores será de forma natural e contando com a “simpatia” para buscar seu “espaço” no coração do catarinense. Uma dessas formas de chegar neste objetivo se passa pelo contato com a comunidade através de projetos sociais.

O planejamento inicial é trabalhar com cerca de 150 jovens e quatro professores com atividades dentro do futebol de campo para as diferentes faixas etárias, incluindo futebol masculino, feminino e futebol 7 (society). Além disso, assim como para realizar o sonho da construção de seu próprio estádio, o clube vai precisar da ajuda financeira de parceiros e patrocínios.

Mas o futebol não é o único esporte que o CAC busca trabalhar. O programa também planeja contar com voleibol, handebol, basquetebol, judô, jiu-jitsu e esportes adaptados para pessoas com deficiência visual e física.

O Clube Atlético Catarinense segue dando os seus primeiros passos como a busca de um espaço para comandar seus jogos e apoio financeiro. No entanto, se depender da confiança da diretoria, em alguns anos o CAC deve protagonizar na elite do futebol do Campeonato Catarinense.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Futebol