Conteúdo por Gazeta Esportiva

Curado da covid-19, Léo retorna aos treinamentos na Toca da Raposa

Depois de ficar alguns dias afastado, o zagueiro Léo enfim voltou aos treinamentos nesta sexta-feira. O defensor havia testado positivo para a covid-19 no último dia 4 e teve que permanecer em isolamento a partir de então, apesar de ser assintomático. Ao longo desta semana, o capitão cruzeirense testou negativo em dois exames consecutivos e assim foi liberado a retornar.

“Me senti 100% hoje em meu retorno. Pude fazer em casa todos os exercícios que vinha mantendo aqui e consegui continuar com meu padrão físico. Agora vamos progredir mais com os trabalhos feitos em campo, ao lado do preparador físico e do treinador, para que a gente possa retomar as nossas atividades”, disse em coletiva virtual.

“Depois do teste positivo, recebi muitas mensagens positivas, com o apoio dos torcedores e dos amigos, sempre me incentivando a superar todas as dificuldades. Agradeço a força para que a gente continue fazendo o nosso trabalho sempre de forma feliz e alegre para que possamos superar tudo isso que estamos vivendo”, completou.

O médico do clube, dr. Sérgio Campolina, comentou como foi a força-tarefa para acompanhar os últimos dias do Léo, para assegurar que ele pudesse voltar em segurança.

(Foto: Divulgação/Gustavo Aleixo)

“Como todos sabem, o Cruzeiro tem levado muito a sério o retorno das práticas esportivas, levando em consideração principalmente o controle do ponto de vista clínico e laboratorial. Dentro do roteiro que foi estabelecido, o atleta Léo apresentou resultado positivo para o covid-19 na coleta feita dias atrás. Apesar de não apresentar nenhuma queixa, ele foi separado do grupo e entrou em isolamento juntamente com a sua esposa. Desde então, estabelecemos um novo protocolo, em que realizamos dois novos testes no Léo e em sua esposa, cujos resultados foram negativos. Vale destacar que o protocolo que implantamos está sendo seguindo à risca por nosso grupo. Temos praticamente 100% dos boletins diários respondidos dentro do horário estabelecido, que é exatamente antes da chegada dos atletas e funcionários na Toca da Raposa 2”, detalhou.

Já em relação ao atacante Vinícios Popó e ao volante Jean, que também foram diagnosticados com a doença, o médico pediu cautela para o retorno de ambos e disse que está acompanho de perto a situação de cada um.

“O protocolo é individualizado e os outros atletas que testaram positivamente também estão tendo acompanhamento. Não há um prazo estabelecido para eles retornarem, pois ainda estão dentro dos passos que precisam ser preenchidos. Vale salientar que tanto o Vinícius Popó quanto o Jean estão completamente assintomáticos e em nenhum momento foi necessário estender o atendimento para nível hospitalar e nem o uso de medicamentos”, finalizou.

+ Futebol