Conteúdo por Gazeta Esportiva

Diego Costa é condenado a seis meses de prisão por fraude fiscal

O brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa foi condenado a seis meses de prisão por fraude fiscal. O atacante sonegou mais de 1 milhão de euros em sua declaração do imposto de renda de 2014 à Fazenda espanhola. Para não ser detido, o atleta vai pagar uma multa de 543 mil euros.

Foto: Reprodução/ Atlético de Madrid

O centroavante do Atlético de Madrid foi acusado por não pagar valores referentes à impostos de seus direitos da imagem. Durante audiência nesta quinta-feira, Diego Costa assumiu o crime e fez um acordo de multa adicional de 36 mil para evitar a prisão.

Em 2019, quando o camisa 19 retornou ao clube colchonero, foi necessário um pagamento de 1,14 milhão de euros para quitar dívidas com a Agência Tributária da Espanha. Segundo publicação do jornal espanhol Marca, o Atlético de Madrid já chegou a adiantar salários para que o sergipano pudesse se ajustar com a Fazenda.

Este é mais um caso de jogadores que se envolvem com fraude fiscal na Espanha. Messi, Cristiano Ronaldo, Dí Maria, Modric, Marcelo e José Mourinho são outros exemplos.

+ Futebol