Conteúdo por Gazeta Esportiva

Dirigente do Flamengo xinga argentino Lucas Pratto em entrevista

A conquista da Libertadores acabou com o jejum de títulos do Flamengo no cenário internacional. Mesmo meses após a final contra o River Plate-ARG, o vice-presidente de relações externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, o Bap ainda guarda mágoa do atacante Lucas Pratto.

O São Paulo recebeu as duas parcelas atrasadas do River Plate pela compra do atacante Lucas Pratto

“Me lembro da declaração do Pratto: ‘Eles não têm pegada, são gentis, eu caí e o Diego me levantou. Não têm pegada de Libertadores’. Eu pensei: ‘vou contratar um cara para dar um tiro nesse filho da p…, mas talvez eu acabe na cadeia’. Talvez eu trabalhe duro e mude a vergonha na cara de quem está no Flamengo, contratar cara que fica p… de perder par ou ímpar. Hoje tem alinhamento entre diretoria e elenco. Aí dá certo e a gente dá sorte”, disse no canal Paparazzo Rubro-Negro.

Bap saiu em defesa da atitude do meia Diego. O dirigente seguiu sem se conter e xingou o argentino.

“O Diego foi ser gentil, ele disse que o Diego era bundão, que não podia ganhar a Libertadores. Vai tomar no c…, Lucas Pratto, desculpa o meu francês”, declarou.

Na ocasião, o Flamengo virou a final contra o River Plate com dois gols de Gabigol nos minutos finais. Lucas Pratto, que entrou em campo pela equipe argentina no segundo tempo, foi considerado um dos vilões da derrota.

+ Futebol