Conteúdo por Gazeta Esportiva

Entenda como o volante Éderson pode ser importante para o Corinthians

O Corinthians está muito próximo de anunciar a contratação do volante Éderson, que jogou pelo Cruzeiro em 2019. O jogador chega ao Timão para ser mais uma opção para Tiago Nunes no setor do meio-campo, além de agregar características diferentes dos jogadores da posição que estão no elenco do Alvinegro.

Revelado pelas categorias de base do Cruzeiro, Éderson fez sua estreia na equipe profissional da Raposa em 2018. No ano seguinte, o jogador mostrou credenciais técnicas que o tornaram titular na campanha que culminou no rebaixamento do clube mineiro no Campeonato Brasileiro.

Éderson agregará características diferentes ao elenco do Corinthians

Éderson é um segundo volante, que no Cruzeiro tinha muita liberdade para avançar ao ataque e aparecer na área do adversário. Em 21 partidas disputadas pelo Brasileirão de 2019, o jogador marcou dois gols, sendo um deles justamente contra o Corinthians, na Arena. O tento foi polêmico, já que o bandeirinha havia assinalado o impedimento, porém mudou de ideia logo em seguida, abaixando seu instrumento de trabalho.

No momento, a dupla titular de volantes do Corinthians é formada por Camacho e Cantillo. Além disso, Tiago Nunes ainda conta com Gabriel e Richard no elenco. Apesar das diversas opções, nenhum desses jogadores possui a característica de infiltrar e “pisar na área”, como Éderson tem.

Ainda que não seja um primeiro volante marcador, o provável reforço do Corinthians tem bom porte físico e facilidade para recuperar a bola dos adversários. De acordo com o Footstats, Éderson terminou o Campeonato Brasileiro do ano passado com uma média de dois desarmes por partida. Para efeito de comparação, Cantillo, tem uma média de 1,3 desarmes por jogo no Paulistão de 2020.

Por outro lado, Éderson não tinha como destaque no Cruzeiro o número de passes, não sendo tão influente na construção ofensiva da Raposa. O volante encerrou o Brasileirão de 2019 com uma média de 25,7 passes certos por partida. Quando comparada aos dados da dupla titular do Corinthians no Paulistão, a estatística de Éderson mostra-se baixa. Camacho tem uma média de 55,4 passes certos por jogo, enquanto o número de Cantillo é 54,3.

Éderson já está na cidade de São Paulo e o Corinthians aguarda apenas os trâmites finais para anunciar o volante como reforço. O jogador deve chegar ao Timão com um contrato válido por cinco temporadas. A tendência é que o Corinthians fique com 65% dos direitos econômicos de Éderson.