Federação Italiana de Futebol promete retomar treinos em 18 de maio

Anúncio foi feito pelo presidente da entidade, Gabriele Gravina, e confirmou retorno das atividades de esportes coletivos no país

Os jogadores dos clubes italianos poderão retornar aos treinamentos em 18 de maio. O anúncio foi feito, nesta segunda-feira (27), por Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC, sigla em italiano). O dirigente prometeu um plano de trabalho para retomar as atividades esportivas, com todas medidas de segurança necessárias neste período de pandemia do coronavírus.

Presidente da Federação italiana Gabriele Gravina – Foto: FIGC/ReproduçãoPresidente da Federação italiana Gabriele Gravina – Foto: FIGC/Reprodução

“Vamos continuar em contato com instituições dispostas a colaborar, avançando propostas, receber comentários e propor soluções”, afirmou Gravina, em um comunicado publicado no site oficial da FIGC. “A comissão técnico-científica da FIGC preparou um protocolo muito rígido. Todos os setores deverão estar integrados ao Comitê Olímpico Nacional da Itália (CONI) para que as atividades retornem em 18 de maio.”

Leia também:

As declarações de Gravina foram feitas um dia após o governo italiano anunciar que os esportistas de modalidades individuais poderão treinar a partir de 4 de maio, enquanto os de esportes coletivos deverão esperar até 18 de maio.

“A FIGC pediu para se reunir com o comitê técnico-científico na busca de uma solução compartilhada”, afirmou a Federação Italiana em uma nota oficial. “Estamos convencidos do caminho que seguimos porque é sério e responsável. É o único que busca o interesse tanto do sistema do país quanto do sistema esportivo. A parada definitiva da Série A não seria bom para ninguém”, completou a nota.

+

Futebol