Gramado da Arena Joinville está bastante danificado em função das chuvas

Carlos Jr./ND

Partida da Copa do Brasil Sub-20 castigou o campo encharcado 

O JEC perdeu para o São Paulo por 1 a 0 na Arena, no jogo de ida da Copa do Brasil Sub-20. Impossível fazer qualquer tipo de avaliação do jogo ou dos atletas. O futebol estava impraticável e o gramado completamente encharcado. Há mais de 40 dias chove em Joinville e o resultado não poderia ser outro. Não há drenagem que aguente. Não há para onde a água escorrer. Mesmo assim, o time de Fabinho tentou jogar no chão, mas sempre tinha uma poça para travar a bola. Com a bola rolando, estava impossível concluir uma jogada e, quem acertasse uma jogada de bola aérea, certamente sairia vencedor. E foi o que o São Paulo fez, com Kal, no final do segundo tempo. O time adversário era forte tecnicamente, mas também não conseguiu colocar seu futebol em prática pelo estado do gramado. Ao Joinville só resta trabalhar firme nessa semana, porque precisa fazer dois gols em Cotia (SP). É possível, mas, para isso, precisará contar com a sorte que não esteve ao lado do Joinville na tarde desta quarta.

Destaque

O que joga bola esse Joanderson, do São Paulo, não é brincadeira. Um centroavante que está em extinção no futebol brasileiro. Mesmo com o gramado encharcado, ele dominou uma bola e saiu jogando como se estivesse em uma quadra sintética. Daqui uns anos vai estar no time principal do São Paulo ou em outro grande do Brasil, podem anotar.

E, agora?

O gramado da Arena Joinville está uma lástima, mas a culpa é das fortes chuvas que assolam Joinville há mais de 40 dias. Me preocupa para domingo, porque depois do jogo do sub-20 não dá mais para saber o que é grama e o que é terra. A esperança é que a chuva continue até domingo para que possam ser feitos os devidos reparos. A chuva lava o gramado e facilita a manutenção. Mas uma coisa é certa para o jogo de domingo contra o Santos, o gramado não estará em boas condições. A umidade está muito alta e nada contribuiu para que a manutenção seja feita de forma correta.

Avaliou?

Rogério Micale, técnico do Sub-20 da Seleção Brasileira esteve em Joinville para acompanhar JEC x São Paulo, mas não deve ter tido nenhuma boa impressão. Como se avalia algum menino com um gramado desses? Como se avalia se o garoto tem um bom passe, vai bem na recomposição, se alterna bem os dois lados do campo, se a bola aérea dele é boa. Infelizmente não deu para avaliar nada no jogo desta quarta. Uma pena para os meninos, que mereciam melhor sorte.

Fala, Fabinho!

“Acho que para as duas equipes, que trabalham bastante a bola. O sentimento de perder dói, mas os meninos são valentes, têm encarado adversários da mesma forma. Como treinador, estou muito feliz pela luta desses meninos. Mesmo com dificuldades conseguiram tocar a bola. Acho que sentimos muito o Roberto, mas também ganhamos ofensividade. A dinâmica do nosso time tem sido essa. Quem entra procura fazer o melhor. Mas agora é buscar a vitória fora de casa”. É, professor. A missão não é das mais fáceis, mas é possível, sim.

Krona

A Krona Futsal tem pela frente dois jogos antes do início dos playoffs de quartas de final do Campeonato Catarinense. Hoje, às 20h15, na Arena Jaraguá, o Tricolor encara o Jaraguá Futsal. Já no sábado, às 19h, no Centreventos Cau Hansen, o adversário será o Tubarão. Com 18 pontos, a Krona é a quarta colocada na tabela de classificação do estadual.

Investimento de base

Joinville conquistou, no feriado, depois de cinco dias de competição, o título de campeão Leste/Norte da Olesc (Olimpíada Estudantil de Santa Catarina). O presidente da Felej, Fernando Krelling, fez questão de acompanhar seus atletas em todos os dias de competição e enalteceu o trabalho feito por todos os técnicos da cidade: “Joinville é referência em Santa Catarina no trabalho de base e isso é o reflexo do que plantamos no PID. E tenho certeza que vamos colher frutos ainda melhores”. Fernando foi um dos grandes responsáveis pelo retorno dessa competição, depois que o Estado anunciou seu cancelamento. A próxima etapa agora rola em Jaraguá do Sul, na fase estadual.

Jael

O atacante, que está no futebol chinês, encontra-se em férias e veio a Joinville para se tratar de um desconforto no tornozelo esquerdo. O atleta nunca escondeu sua identidade com o JEC e foi embora depois de se desentender com Adílson Batista, desafeto desde os tempos de Cruzeiro, em 2009. Jael sempre tem feito postagens sobre o JEC em sua página nas redes sociais. É mais um que veio jogador e saiu torcedor.

Arbitragem

Está definido o trio de arbitragem para Joinville x Santos no domingo, às 18h, na Arena. Wagner Reway será o responsável pelo apito, assistido por Eduardo Crus e Fabio Rubinho. Wagner apitou a derrota do JEC contra o São Paulo, dentro do Morumbi, por 3 a 0. É aspirante Fifa e um dos árbitros dessa nova geração. Terá trabalho no domingo.

Leitor na rede

JEC

Tiago Santana –  Com a volta do Kempes, quem será seu companheiro de ataque?

Giro da Bola

Caro, Tiago. Acredito que Edigar Junio, já que Silvinho não fez uma boa partida contra a Ponte Preta. Mas essa definição deve sair no treino de hoje.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...