Conteúdo por Gazeta Esportiva

Hoje no Galo, Arana explica negociação com Corinthians e diz que jogaria no Palmeiras

Atual lateral do Atlético-MG, Guilherme Arana afirmou nesta quarta-feira que tinha um acordo com o Corinthians antes de acertar com o Galo. Em entrevista para o canal Fox Sports, o jogador destacou que não fechou com o Timão por conta do aspecto financeiro.

“Acho que não deu certo porque não chegaram a um acordo financeiro com o Sevilla. O Atlético esse ano investiu muito bem, chegou com os valores que o Sevilla queria e assim que surgiu a chance de voltar ao Brasil para uma equipe grande, como o Atlético, não pensei duas vezes. Conversei com minha família, todos nós entramos em um acordo, abraçamos a oportunidade e hoje estamos muito felizes aqui”.

Arana falou também sobre conversas com o Palmeiras (Foto: Divulgação/Guilherme Arana)

“O pessoal do Corinthians chegou a ir até a Espanha. Entre eu e o Corinthians estava tudo certo. O que pesou mesmo foi a parte financeira, que não chegaram a um acordo”, completou.

Arana ainda falou que negociou com o Palmeiras e que jogaria pelo time alviverde sem problemas.

“Eu não cheguei a conversar com o Luxemburgo, mas teve uma conversa com o Palmeiras. Porém, não chegamos aos números que o Sevilla queria. Eu jogaria, sou profissional. Por mais que já tenha feito gols no Palmeiras e jogasse bem contra, vida que segue. É um grande clube, então, sim, eu jogaria sem problema nenhum”, disse.

O lateral ainda explicou o motivo por não ter tido uma boa passagem na Europa.

“Acho que no Sevilla faltou sequência. Às vezes, eu jogava bem uma partida e na outra não era nem relacionado. Nunca cheguei a ter uma sequência de cinco jogos direto. Era algo que não dava para entender, isso me deixava louco. Na Atalanta, acho que o lateral titular é o artilheiro do time, então, eu reconheci que ele estava numa grande fase. Porém, quando ele não jogava, o treinador improvisava outro. Trabalhei para melhorar e mesmo assim não jogava, então, resolvi optar por voltar ao Brasil”.