Conteúdo por Gazeta Esportiva

Inter não quer parar treinos e tenta convencer governo

Com o decreto anunciado neste sábado pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul praticamente impossibilita os times gaúchos de dar sequência aos treinamentos. O Internacional não pretende parar, e tenta convencer as autoridades de que, com os protocolos estabelecidos, é seguro manter as atividades presenciais.

O Colorado considera que uma nova paralisação seria muito prejudicial à evolução do grupo. O vice-presidente do clube, João Patrício Herrmann, falou em entrevista à Rádio Gaúcha sobre o assunto.

“Espero que nas próximas horas possamos buscar um entendimento e que a gente possa mostrar para os governantes que os protocolos do Inter e dos demais clubes são bastante rígidos. O Inter não teve nenhum caso de covid-19. Estamos bastante seguros de que podemos continuar treinando”, comentou. “Em tese, não se pode treinar (com bandeira vermelha). Mas vamos analisar a melhor forma de sensibilizar os governantes. Mas é uma questão de saúde. E saúde vem em primeiro lugar. Por isso, temos que respeitar o governo e as leis”, concluiu.

O Inter deve tentar nas próximas horas o apoio do Grêmio para que ambos, juntos, façam a solicitação às autoridades. As duas equipe têm treinado regularmente desde maio, e não apresentam casos positivos. Os elencos de ambos são testados semanalmente e, durante os treinos, mantém o distanciamento social, além de todos os outros protocolos de segurança.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

+ Futebol