Conteúdo por Gazeta Esportiva

Lucas Kal exalta Lisca e relembra frustração pelo América-MG em 2019

Emprestado pelo São Paulo ao América-MG até o final de 2020, o zagueiro Lucas Kal é um dos pilares da equipe mineira, que faz temporada de destaque até o momento. Antes da paralisação por conta do coronavírus, o Coelho não perdeu nenhuma partida que disputou no ano.

Em conversa exclusiva com a Gazeta Esportiva, Lucas Kal não poupou elogios ao Lisca, técnico do América-MG. O defensor acredita que o comandante já conseguiu se desvincular do apelido de “Doido” pelo qual ficou conhecido.

“Acredito que isso já passou (apelido de “Doido”). O Lisca veio para cá com o intuito de fazer um bom trabalho e é isso que ele vem fazendo. Chegou no começo do ano, já nos passando tudo o que ele tem de experiência, tudo o que ele sabe sobre futebol. O trabalho está sendo bem feito pela comissão, estamos invictos no ano ainda. É um grande treinador que nos ensina todos os dias e tem muito o que acrescentar para o nosso grupo”, afirmou o jogador.

Lucas Kal em ação pelo Coelho

Em 2019, o América chegou à última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro precisando apenas de uma vitória simples sobre o São Bento, que já estava rebaixado, para garantir o acesso à elite. No entanto, o Coelho foi derrotado em pleno Independência, um dia que Lucas Kal não esquecerá.

“Foi bem frustrante para a gente, sonhávamos muito com o acesso. Nós tivemos uma sequência de vitórias no segundo turno, quando saímos da zona de rebaixamento e brigamos pelo G4. Dependíamos só de nós na última rodada, então com certeza foi frustrante não termos conseguido. Mas agora é bola para frente, pensamos no futuro. Começamos o ano muito bem, tentando esquecer de certa maneira a frustração do ano passado, mas isso nos dá mais motivação nesta temporada, para buscarmos nossos objetivos e não deixarmos essa oportunidade escapar de novo”, disse o defensor.

Até o momento, o América disputou 12 partidas oficiais nesta temporada, sendo nove pelo Campeonato Mineiro e três pela Copa do Brasil. Com sete vitórias e cinco empates, o time retornará da paralisação defendendo uma invencibilidade. Lucas Kal reconhece que a interrupção dos jogos foi prejudicial para a sequência da equipe, porém projeta um Coelho ainda mais forte agora.

“Atrapalhou, mas não só a gente, e sim todos os clubes. Claro que vínhamos de uma sequência muito boa, sem perder no ano. Querendo ou não atrapalha, mas são questões de saúde e não podemos pensar em outra coisa. A gente voltou forte para, quando as partidas retornarem, nós estarmos no mesmo nível ou até superior, para dar sequência em tudo o que vínhamos fazendo neste ano. Nossos objetivos não mudaram, só ficamos ainda mais motivados para conseguirmos tudo aquilo que queremos no ano”, finalizou.

Desde que chegou ao América-MG, em setembro do ano passado, Lucas Kal disputou 27 partidas pelo clube e marcou um gol.