Rescaldo do clássico. Avaí precisa embalar, enquanto o Figueirense vai em busca do título

Furacão terá Brusque e Camboriú pela frente, enquanto o Leão enfrentará Joinville e Metropolitano

Arquivo Pessoal/ND

Túnel do tempo
Nivanor Darós, o meia Branco, quando defendia a Chapecoense. Ele também teve uma boa passagem pelo Avaí.

Fernando Mendes/ND

Diferente
Você ficou curioso para saber o que aquele aparelhinho esquisito fazia no Scarpelli, em pleno clássico? Era um mini helicóptero da Cine Support, fabricado fora do país, e que gravava as imagens da partida e o agito das torcidas em ângulos nada convencionais.

Apelido
Como o manezinho coloca apelido em tudo, o mini helicóptero já foi apelidado de “zangão gigante” ou de “zangão eletrônico”, como sugeriu o meu amigo Hélio Costa, segunda-feira, no Jornal do Meio-Dia. O bichinho é feio, mas as imagens devem ter ficado excelentes.

Acho que fica
Hemerson Maria tem tudo para ser efetivado como treinador do Avaí para a Série B, mesmo que o Leão da Ilha seja eliminado do Campeonato Catarinense. Demonstra bom comando, fala bem e passa uma mensagem que conhece de futebol. Vamos esperar.

Só agora, brutus?
Branco estava indignado, porque Aloisio queria furar a rede quando um simples toque já resolveria, mas esqueceu de falar das falhas da defesa, quer são frequentes, e das saídas em falso do Wilson. Que o time tem defeitos isso eu já alertei faz tempo.

Chegando
Lima, do Joinville, está com 12 gols, um a menos que o Rafa Costa, do Metropolitano, ainda o artilheiro isolado da competição. O problema é que o Metrô passa a impressão que travou e que não vai classificar, pois já perdeu três seguidas e enguiçou. 

Será que vem?
No final de junho deste ano saberemos se alguma seleção virá “treinar” em Florianópolis para a Copa do Mundo de 2014. Ressacada e Scarpelli, Costão do Santinho e Majestic foram indicados por Santa Catarina, além da Arena Joinville e Balneário Camboriú, que aproveitaram o embalo.

Bola Cheia
Fui buscar informações e soube que não houve confronto entre as torcidas organizadas no clássico de domingo e que a Polícia Militar recebeu rasgados elogios pelo trabalho, inclusive das forças táticas, da cavalaria e do helicóptero Águia da PM. Nota 10.

Bola Murcha
A Copa do Mundo no Brasil vai enriquecer muita gente, alguns de forma legal e outros pela via torta do jeitinho brasileiro. Para a construção da arena no lugar do estádio Mané Garrincha já foram feitos mais 11 aditivos num total de R$ 280 milhões. Um absurdo.