Conteúdo por Gazeta Esportiva

Rodriguinho diz sentir saudades do Corinthians e detalha as estratégias do time

Atualmente defendendo o Bahia, o meia Rodriguinho revelou sentir saudades da época em que vestia a camisa do Corinthians. O jogador foi um dos destaques do elenco campeão brasileiro de 2017 e contou alguns detalhes de como aquele time, comandado pelo técnico Fábio Carille, fazia para se comportar nas partidas e sair vencedor.

“Era uma equipe bem consciente, os jogadores sabiam o que íamos propor no jogo. A gente sabia que se saíssemos na frente, não perdia mais. Era uma defesa fantástica. Nós oferecíamos pouquíssimas chances ao adversário, independente se eles tivessem mais posse de bola. A gente sabia dessa nossa qualidade em defender e atacávamos conscientemente”, contou à ESPN.

Após um primeiro turno espetacular, o Timão começou a tropeçar no segundo semestre, principalmente em jogos contra times considerados inferiores, tornando o título uma incerteza naquela altura. Entretanto, o Alvinegro voltava a brilhar justamente nos confrontos contra os concorrentes diretos e assim chegou ao seu sétimo troféu nacional.

“A gente realmente não atacava tanto como os grandes. Mas quando chegavam esses grandes jogos, contra equipes que propõe o jogo, que atacam bastante, eles deixavam muito espaço para nossa equipe, que era rápida. A gente tinha um contra-ataque muito forte, então quando vinham brigar de igual pra igual contra a gente, nós jogávamos melhor, a gente tinha muita mais oportunidade”, explicou.

Somando as suas duas passagens pelo Corinthians, Rodriguinho entrou em campo em 175 oportunidades e marcou 35 gols. Além disso, conquistou dois Campeonatos Brasileiros (2015 e 2017) e dois Paulitas (2017 e 2018).

+ Futebol