Roupeiro do Brusque fala em “adaptação de rotina” durante a pandemia

Clube foi o primeiro de Santa Catarina a retomar as atividades; jogadores fizeram novo trabalho na tarde desta quinta-feira (4)

Na tarde desta quinta-feira (4), o marreco seguiu com a preparação com a expectativa do retorno do Campeonato Catarinense no mês de julho.

Adilson fala sobre a adaptação a rotina nos treinamentos – Foto: Jefferson Alves/Brusque FCAdilson fala sobre a adaptação a rotina nos treinamentos – Foto: Jefferson Alves/Brusque FC

Os grupos 1 e 2 realizaram as atividades técnicas e físicas para desenvolver a velocidade e agilidade dos jogadores. A comissão técnica e os atletas estão aguardando a possibilidade de poderem voltar com os treinos de situação de jogo.

O roupeiro Adilson Meneses comentou como está sendo a sua rotina devido às exigências da pandemia. “Tivemos que fazer uma adaptação de todo o sistema de rouparia. Dividimos ‘kits’ de materiais, todos higienizados, que foram entregues para os jogadores”.

Os atletas se apresentam prontos no Augusto Bauer para a realização da medição da temperatura e também tiveram que remover das suas rotinas, a “resenha” que acontecia no vestiário antes de cada treino, pois, as roupas que eles utilizam, são levadas por eles para que possam ser lavadas em suas casas.

Leia também:

Dificuldades da pandemia

Em relação aos materiais de treinos, Adilson é o responsável pela higienização de todos os equipamentos como as bolas, colchonetes, estacas, escadinhas e todos os outros materiais que são utilizados nos trabalhos, passam pelas mãos de Meneses antes dos jogadores utilizarem, seguindo o protocolo de saúde.

Sobre as dificuldades da pandemia e as novas adaptações, ele comenta que a maior delas é a saudade do dia-a-dia no vestiário, a união que todo o time tem como a resenha de estarem juntos todos os dias brincando e se divertindo.

“O Brusque é uma família e com essa separação, podemos nos encontrar somente no campo, com todo mundo pronto. O que era um trabalho coletivo e bom, acabou se tornando individual, não deixando de ser bom, mas sentimos falta daquela união da brincadeira, da resenha e acaba se tornando um pouco mais difícil para nós”.

O quadricolor treina nesta sexta-feira (5), no CT, para encerar a terceira semana de treinamentos.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

+ Futebol